YESTERDAY: O Mundo seria Muito Pior sem os Beatles

O cineasta Richard Curtis já colocou em seu currículo dois musts da comédia romântica moderna: NOTTING HILL (Julia Roberts luminosa) e LOVE ACTUALLY. Aqui ele é o produtor, roteirista e autor do argumento. O diretor Danny Boyle já ganhou o Oscar por QUEM QUER SER UM MILIONÁRIO?, tendo em sua filmografia títulos importantes como COVA RASA e TRAINSPOTTING. Os dois juntos resolveram dar vida a uma história maluquete sobre um músico amador que por acidente se depara com um mundo que não conhece os Beatles.

Vê-se, então, diante da oportunidade de trocar seu anonimato pela fama e fortuna se passando por autor de músicas como HEY JUDE, YESTERDAY, HELP, LET IT BE e ALL YOU NEED IS LOVE. Como esta história vai acabar? Só vendo a comédia romântica da dupla Boyle/Curtis.

Há muitas piadas e situações extremamente engraçadas no filme, sendo impossível não rir muito com as trapalhadas e crises de consciência do personagem central Jack Malik (o ator inglês Ramesh Patel de THE FOX e MOTHERLAND). A paixão de sua vida é interpretada pela ascendente Lily James (CINDERELLA e BABY DRIVER: EM RITMO DE FUGA), bonitinha mas ainda em busca de melhores interpretações.

A primeira realidade que o filme expõe (ou lembra) é a excelência das músicas dos Beatles. São pelo menos uma dúzia de obras primas inesquecíveis, conhecidas e cantadas mundialmente por milhões de fãs de todas as idades. Isto só reforça a fina ironia de um mundo que não sabe quem foram os Beatles.

Os conflitos entre a verdade e a fama (e a riqueza) estão, para meu gosto, meio simplificados demais no filme, embora a cena que detone o final (meio moralista e açucarado demais) seja talvez a mais linda imagem de todo filme.

YESTERDAY, para mim, fica um pouco abaixo tanto de NOTTING HILL/LOVE ACTUALLY quanto de QUEM QUER SER UM MILIONÁRIO? Mas não há dúvidas que o êxtase de ouvir as músicas dos Beatles eleva a qualidade de qualquer filme. E este, além das músicas tem muita coisa boa. Certo mesmo é que o mundo seria muito pior sem os BEATLES.

Filmmaker Richard Curtis has already put two musts of modern romantic comedy on his resume: NOTTING HILL (bright Julia Roberts) and LOVE ACTUALLY. Here he is the producer, screenwriter and author of the script. Director Danny Boyle has already won the Oscar for Who Wants to Be a Millionaire ?, having in his filmography important titles such as COVA RASA and TRAINSPOTTING. The two together decided to bring to life a crazy story about an amateur musician who happens to encounter a world that does not know the Beatles.


The main character then faced with the opportunity to trade his anonymity for fame and fortune by authoring songs such as HEY JUDE, YESTERDAY, HELP, LET IT BE and ALL YOU NEED IS LOVE. How will this story end? Just seeing the romantic comedy duo Boyle / Curtis.


There are a lot of jokes and extremely funny situations in the movie, and it’s impossible not to laugh too hard at the clutter and bouts of conscience of the central character Jack Malik (the English actor Ramesh Patel of THE FOX and MOTHERLAND). The passion of her life is played by the rising Lily James (CINDERELLA and BABY DRIVER: RUNNING OUT), cute but still in search of better interpretations.

The first reality that the film exposes (or remembers) is the excellence of the Beatles songs. There are at least a dozen unforgettable masterpieces known and sung worldwide by millions of fans of all ages. This only reinforces the fine irony of a world that doesn’t know who the Beatles were.

The conflicts between truth and fame (and wealth) are, to my liking, a little too simplified in the movie, although the scene that sets off the ending (half moralistic and sugary) is perhaps the most beautiful image in the movie.

YESTERDAY, to me, is just below both NOTTING HILL / LOVE ACTUALLY and WHO WANTS TO BE A MILLIONAIRE? But there is no doubt that the ecstasy of listening to Beatles songs elevates the quality of any movie. And this one, besides the songs has a lot of good stuff. What is certain is that the world would be much worse without the BEATLES.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s