UM SONHO DE LIBERDADE: 25 Anos de um Grande Filme

UM SONHO DE LIBERDADE, de Frank Darabont está fazendo 25 anos de seu lançamento em 2019. O filme foi indicado a sete Oscars e dois Globos de Ouro. Contava a história da amizade entre um contador preso por matar a esposa e um antigo preso dentro de um presídio de segurança máxima.

O filme é baseado em um conto de Stephen King (O ILUMINADO) intitulado “Rita Hayworth and Shawshank Redemption”, a partir do qual Frank Darabont escreveu um roteiro inspiradíssimo. O Diretor e Roteirista Darabont nasceu em um campo de refugiados na França, em 1959. Tem em sua filmografia ótimos trabalhos como À ESPERA DE UM MILAGRE e CINE MAJESTIC.

No ótimo elenco de UM SONHO DE LIBERDADE, destaque absoluto para o excelente Tim Robbins (O JOGADOR), um diretor e ator de primeiro nível. Seu Andy Dufresne, por todos os motivos é um dos grandes personagens do cinema na década de 90. A seu lado, o sempre ótimo Morgan Freeman (Oscar de Melhor Ator Coadjuvante por MENINA DE OURO), aqui criando um inesquecível Ellis “Red” Redding, um tipo igualmente com lugar na história do cinema.

Como coadjuvantes Bob Gunton (um odioso diretor da prisão), William Sadler, Clancy Brown, Gil Bellows e James Whitmore. Que baita elenco.

A extrema violência de certas cenas (próprias do ambiente carcerário) envolvendo o protagonista e vários apenados, consegue, pela arte do diret or, conviver com o extremo lirismo e humanidade da relação afetuosa entre os personagens principais.

Não vou nem falar no “papel” surpreendente e genial que a atriz Rita Hayworth tem no filme, mesmo aparecendo apenas em um poster fotográfico.

UM SONHO DE LIBERDADE é quase uma obra prima. Merece ser visto e revisto dezenas de vezes.

Frank Darabont’s SHAWSHANK REDEMPTION is 25 years since its release in 2019. The film has been nominated for seven Oscars and two Golden Globes. It told the story of the friendship between an accountant arrested for killing his wife and an old prisoner in a maximum security prison.

The film is based on a Stephen King (THE SHINNING) short story entitled “Rita Hayworth and Shawshank Redemption,” from which Frank Darabont wrote a most inspirational screenplay. Director and Screenwriter Darabont was born in a refugee camp in France in 1959. He has in his filmography great works such as THE GREEN MILE and CINE MAJESTIC.

In the great cast, absolute highlight for the excellent Tim Robbins (THE PLAYER), a first level director and actor. His Andy Dufresne, for all reasons is one of the great characters of cinema in the 90s. Beside him, always great Morgan Freeman (Oscar for Best Supporting Actor for ONE MILLION DOLLAR BABY) here creating an unforgettable Ellis “Red” Redding , a type also with a place in the history of cinema.

As supporting actors Bob Gunton (a hateful prison director), William Sadler, Clancy Brown, Gil Bellows and James Whitmore. What a hell of a cast.

The extreme violence of certain scenes (typical of the prison environment) involving the protagonist and several inmates, can, through the art of the director, coexist with the extreme lyricism and humanity of the affectionate relationship between the main characters.

I won’t even talk about the amazing and ingenious “role” that actress Rita Hayworth has in the movie, even though it only appears in a photographic poster.

SHAWSHANK REDEMPTION is almost a masterpiece, one that can and should be seen and reviewed over and over again.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s