TERROR A BORDO: Nicole Kidman aos 22 Anos Já Era um Arraso de Atriz e Fez Thriller de Arrepiar

Dia destes passei na Tv a Cabo por um thriller que o cineasta australiano Phillip Noyce (PERIGO REAL E IMEDIATO e O CAÇADOR DE OSSOS) fez em 1989, contando a história de um casal que vai fazer uma longa viagem de barco para esquecer a perda de uma filha e se depara com um náufrago psicopata à deriva no mar.

A viagem de reencontro vira uma tragédia sem fim, com o maluco tentando por todas as formas assassinar o marido e ficar com a bela viúva (na imaginação dele).

Embora o primeiro nome do elenco fosse o ótimo ator Sam Neil (JURASSIC PARK), a maior atração era uma jovem atriz nascida há 22 anos atrás em Honolulu, Havaí, mas que tinha sido educada na Austrália. A lina e altiva jovem era Nicole Kidman, anos depois ganhadora do Oscar por seu trabalho em AS HORAS. O louquinho de plantão era Billy Zane, uma ator que jamais se firmou no cinema ou na TV.

TERROR A BORDO teve seis indicações ao principal prêmio do Cinema Australiano, vencendo em quatro categorias: montagem, som, edição de som e fotografia. Aliás, tanto as imagens em mar aberto quanto as cenas internas do filme são de uma beleza arrebatadora, realmente de altíssima qualidade.

TERROR A BORDO é um thriller que atinge seu objetivo de manter o espectador na ponta da cadeira, extremamente ansioso por ver a próxima cena, torcendo fervorosamente para que casal se livre do homicida louco. E, de quebra, tem Nicole Kidman, sempre um colírio e um exemplo de atriz superior.

One of these days I spent on Cable TV for a thriller that Australian filmmaker Phillip Noyce (REAL AND PRESENT DANGER and THE BONE COLLECTOR) made in 1989, telling the story of a couple going on a long boat trip to forget about the loss of a daughter and comes across a psychopathic castaway drifting in the sea.

The reunion trip turns into endless tragedy, with the madman trying in every way to murder the husband and keep the beautiful widow (in his imagination).

Although the first name of the cast was the great actor Sam Neil (JURASSIC PARK), the biggest attraction was a young actress born 22 years ago in Honolulu, Hawaii, but who had been educated in Australia. The haughty young lady was Nicole Kidman, years later an Oscar winner for her work on The Hours. The crazy man was Billy Zane, an actor who never grew up in the movies or on TV.

DEAD CALM had six nominations for the top Australian Film Award, winning in four categories: editing, sound, sound editing and photography. By the way, both the open sea images and the internal scenes of the film are of breathtaking beauty, really of the highest quality.

DEAD CALM is a thriller that achieves its goal of keeping the viewer on the edge of his chair, extremely anxious to see the next scene, fervently hoping that the couple gets rid of the crazy murderer. And, by the way, there is Nicole Kidman, always an eye delight and an example of a superior actress.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s