INVASÃO AO SERVIÇO SECRETO: Tiros Demais, Explosões em Excesso e Falta de Imaginação Fazem um Filme Ruim

INVASÃO AO SERVIÇO SECRETO, de Ric Roman Waugh é o terceiro filme em que o agente do serviço secreto Mike Banning se depara com um complô para matar o Presidente Americano e, depois, de quatrocentas explosões, dez mil tiroteios e infindáveis perseguições, consegue deixá-lo são e salvo, amontoar vilões mortos, expor e prender os conspiradores do alto escalão e voltar para casa para os braços de sua amada esposa e filha.

Só pelo resumo, chega-se à conclusão que é a terceira vez que fazem o mesmo filme. Claro que há (supostas) diferenças. Neste o Presidente Americano é Morgan Freeman – que no primeiro episódio era o Porta Voz e no segundo era o Vice Presidente – vivendo uma espécie de Barack Obama que desperta ódios e desejos de vingança de boa parte do sistema.

A esposa mudou de rosto: era Rahda Mitchel (nos dois primeiros filmes) e agora Piper Perabo. Para tornar o filme ainda mais clichê, neste aparece o Pai do protagonista, um eremita com dotes de guerreiro a la Rambo, vivido pelo ótimo Nick Nolte, aqui completamente burocrático.

O filme, apesar da ação ininterrupta, é monótono e repetitivo. Há tiroteios demais, explosões demais e cadáveres de bandidos demais. O vilão principal é daqueles que parece que anda com um cartaz em neon dizendo “SOU O VILÃO”.

Como parece que o agente Mike Banning vai se aposentar, pode ser que este tenha sido o capítulo final.

Ric Roman Waugh‘s ANGEL HAS FALLEN is the third movie where Secret Service agent Mike Banning (Gerard Butler) comes across a plot to kill the American President, and after four hundred explosions, ten thousand shootings and endless persecution, manages to make him safe, heap dead villains, expose and arrest the high-ranking conspirators, and return home to the arms of his beloved wife and daughter.

Just from the summary, it comes to the conclusion that this is the third time they make the same movie. Of course there are (supposed) differences. In this the American President is Morgan Freeman – who in the first episode was the Spokesman and the second was the Vice President – living a kind of Barack Obama that arouses hatred and revenge for much of the system.

The wife changed her face: it was Rahda Mitchel (in the first two films) and now Piper Perabo. To make the movie even more cliché, the protagonist’s father appears, a hermit with a Rambo warrior skills, lived by the great Nick Nolte, here completely bureaucratic.

The movie, despite its uninterrupted action, is monotonous and repetitive. There are too many shootings, too many explosions and corpses of too many bad guys. The main bad guy seems to have a neon ad saying “I AM THE BAD GUY” in his head.

As it seems that agent Mike Banning will retire, this may have been the final chapter.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s