CORAÇÕES LOUCOS: Cult Movie Francês Marcou Época e Revelou um Time de Atores e Atrizes

Em 1974, o cineasta francês Bertrand Blier fez uma comédia dramática intitulada LES VALSEUSES, que no Brasil levou o nome de CORAÇÕES LOUCOS. Assisti o filme, pela primeira vez no PROJETO CULTURAL CINEMA À MEIA-NOITE, do Cine ABC. O título americano foi GOING PLACES, que à semelhança do brasileiro retirou a ironia do título original, uma referência irônica ao movimento dos testículos.

O filme narra a história de dois marginais que percorrem a França deixando uma série de roubos, mortes e estupros. A dupla é interpretada pelo icônico Gerard Depardieu (em início de carreira) e o excelente e precocemente falecido Patrick Dewaere. A vida deles muda quando se junta a eles um linda mulher (Miou-Miou no auge de sua beleza) ninfomaníaca que se torna sua cozinheira e confidente.

No espetacular elenco ainda estão Jeanne Moreau (a diva de JULES ET JIM), Brigitte Fossey, Isabelle Huppert, Thierry L’Ermitte e Michel Peyrelon, uma verdadeira seleção dos astros das telas do cinema francês nas décadas seguintes.

Bertrand Blier, também autor do roteiro de CORAÇÕES LOUCOS, é um dos cineastas franceses mais premiados das décadas de 70 e 80, onde pontificou com filmes como A FILHA DA MINHA MULHER, A MULHER DO MEU MELHOR AMIGO e LINDA DEMAIS PARA VOCÊ.

CORAÇÕES LOUCOS se tornou um cult movie. Com o passar dos anos, gerações de cinéfilos buscaram acessar a história ultrajante, provocadora e agressiva de Blier e seus “valsadores”.

In 1974, the French filmmaker Bertrand Blier made a dramatic comedy entitled LES VALSEUSES, which in Brazil took the name of CRAZY HEARTS. I watched the film, for the first time in CINEMA CULTURAL PROJECT AT MIDNIGHT, by Cine ABC. The American title was GOING PLACES, which, like the Brazilian, removed the irony of the original title, an ironic reference to the movement of the testicles.

The film tells the story of two criminals who travel through France leaving a series of robberies, deaths and rapes. The duo is played by the iconic Gerard Depardieu (at the beginning of his career) and the excellent and early deceased Patrick Dewaere. Their life changes when they join a beautiful nymphomaniac woman (Miou-Miou at the height of her beauty) who becomes their cook and confidant.

In the spectacular cast are still Jeanne Moreau (the diva of JULES ET JIM), Brigitte Fossey, Isabelle Ruppert, Thierry L’Ermitte and Michel Peyrelon, a true selection of the stars of French cinema screens in the following decades.

Bertrand Blier, also the author of the screenplay for MAD HEARTS, is one of the most awarded French filmmakers of the 70s and 80s, where he punctuated with films such as BEAU-PERE, LA FEMME DE MON POTE and TROP BELLE POUR TOI.

GOING PLACES became a cult movie. Over the years, generations of moviegoers have sought to access the outrageous, provocative and aggressive history of Blier and his “waltzers”.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.