AMIGOS INSEPARÁVEIS: Um Filme Pouco Visto com Al Pacino, Alan Arkin e Christopher Walken como um Trio de Velhos Bandidos Encantadores

AMIGOS INSEPARÁVEIS (STAND UP GUYS) é um filme de 2013, dirigido pelo ator, roteirista e diretor Fisher Stevens (fez vários documentários, tendo inclusive ganho um Oscar por THE COVE), mais conhecido por suas participações em séries de sucesso como THE NIGHT OF e SUCESSION. O filme conta a história de um assaltante que sai da penitenciária depois de cumprir uma pena de 28 anos e se reúne com dois outros criminosos, seus ex-parceiros de vida e de crime. O que ele ignora, a princípio, é que tem apenas um dia de vida, porque um chefão do tráfico local, ordenou seu assassinato na manhã seguinte como vingança pela morte de seu único filho no assalto que originou sua condenação. O filme está disponível na apple TV+, no Youtube e na Pluto TV.

Durante esta noite longa e acidentada, ele e os parceiros vão três vezes a um bordel de meninas russas, quatro vezes a um diner onde a garçonete é a neta de um deles, roubam um carro, libertam uma moça assaltada e violentada por marginais, roubam remédios controlados em uma farmácia, fazem um enterro, assaltam uma loja de ternos italianos e vão à Igreja se confessar. STAND UP GUYS é uma expressão americana para designar amigos leais e confiáveis.

O trio central de atores é excepcional: AL PACINO, 61 filmes, 8 indicações ao Oscar e um prêmio de melhor ator por PERFUME DE MULHER faz o personagem principal, o sofrido e verborrágico Valentine (Val), um gângster veterano, dono de um “jab” ainda poderoso, desiludido mas de bom coração. Christopher Walken, 138 filmes, um Oscar de Melhor Ator Coadjuvante por THE DEER HUNTER faz Doc, o parceiro fiel de Val, que vai lhe conduzir pela noite de Los Angeles, enquanto se atormenta com a missão inarredável de ter que matar o melhor amigo para poder viver. Alan Arkin, 112 filmes, ganhador do Oscar de Melhor Ator Coadjuvante por LITTLE MISS SUNSHINE faz Hirsch, um veterano motorista de assaltos, imbatível ao volante de um carro, ainda capaz de encantar as mulheres sexualmente.

O charme inegável destes três ótimos atores – deixados à vontade (talvez até demais o que motivou críticas de uma direção folgada a Stevens), pelo Diretor, proporciona momentos de puro encantamento e emoção pela arte de representar. Acho impossível um espectador não se identificar com o drama destes três bandidos humanos e simpáticos.

O elenco de apoio é outro mérito inegável do filme: Juliana Margulies (sempre ótima como a enfermeira filha de Hirsch), uma surpreendente Addison Timlin (como a garçonete Alex, neta de Doc), a lindíssima Katheryn Winnick, de VIKINGS (como a prostituta Oxana), Marc Margolis (como o chefão Claphands), Lucy Punch (como a cafetina Wendy) e Vanessa Ferlito (como a assaltada Silvia). Muita gente boa em cena.

O roteiro escrito por Noah Haidle é nostálgico, emocionante e bem humorado (tem várias piadas ótimas). A trilha sonora (maravilhosa) conta com uma linda música de Jon Bon Jovi intitulada expressivamente “Not Runnign Anymore”, indicada ao Globo de Ouro de Melhor Canção.

A crítica Mary Pols, da Revista TIME escreveu que o filme é uma mistura geriátrica de GLENGARRY GLEN ROSS, BUTCH CASSIDY, e THE BUCKET LIST. Com três inspirações de tão alto nível, o filme STAND UP GUYS só podia ser o deleite que efetivamente é para qualquer cinéfilo.

STAND UP GUYS is a 2013 film, directed by actor, screenwriter and director Fisher Stevens (he made several documentaries, including winning an Oscar for THE COVE), best known for his participation in successful series like THE NIGHT OF and SUCESSION. The film tells the story of a mugger who leaves the penitentiary after serving a 28-year sentence and meets two other criminals, his former life and crime partners. What he ignores, at first, is that he has only one day to live, because a local drug lord ordered his murder the next morning in revenge for the death of his only son in the assault that led to his conviction.

During this long and bumpy night, he and his partners go three times to a Russian girls’ brothel, four times to a diner where the waitress is the granddaughter of one of them, steal a car, free a girl assaulted and raped by criminals, steal prescription drugs in a pharmacy, make a burial, rob an Italian suit shop and go to church to confess.

The central trio of actors is exceptional: AL PACINO, 61 films, 8 Oscar nominations and a best actor award for SCENT OF A WOMAN makes the main character, the long-suffering and verbose Valentine (Val), a veteran gangster who owns a ” jab “still powerful, disappointed but with a good heart. Christopher Walken, 138 films, an Oscar for Best Supporting Actor for THE DEER HUNTER, makes Doc, Val’s faithful partner, who will lead you through the night in Los Angeles, while tormenting himself with the unbelievable mission of having to kill his best friend for to be able to live. Alan Arkin, 112 films, Oscar winner for Best Supporting Actor for LITTLE MISS SUNSHINE makes Hirsch, a veteran robbery driver, unbeatable behind the wheel of a car, still able to charm women sexually.

The undeniable charm of these three great actors – left at ease (perhaps too much that motivated criticism from a loose direction to Stevens), by the Director, provides moments of pure enchantment and emotion for the art of acting. I find it impossible for a spectator not to identify with the drama of these three friendly and human bandits.

The supporting cast is another undeniable merit of the film: Juliana Margulies (always great as the nurse daughter of Hirsch), a surprising Addison Timlin (as the waitress Alex, Doc’s granddaughter), the beautiful Katheryn Winnick, from VIKINGS (as the prostitute Oxana), Marc Margolis (as boss Claphands) Lucy Punch (as cafetina Wendy) and Vanessa Ferlito (as mugged Silvia). A lot of good people on the scene.

The script written by Noah Haidle is nostalgic, exciting and humorous. The soundtrack (great) has a beautiful song by Jon Bon Jovi expressively titled “Not Running Anymore”, nominated for the Golden Globe for Best Song.

Reviewer Mary Pols of TIME Magazine wrote that the film is a geriatric blend of GLENGARRY GLEN ROSS, BUTCH CASSIDY, and THE BUCKET LIST. With three inspirations of such a high level, the film STAND UP GUYS could only be the delight that it effectively is for any film buff.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.