O SILÊNCIO DO PÂNTANO: Filme Espanhol na NETFLIX com Enredo Policial

A NETFLIX está exibindo sua produção original espanhola EL SILENCIO DEL PÂNTANO, do cineasta nascido nas Astúrias Marc Vigil (EL MINISTÉRIO DEL TIEMPO). O filme narra a história de um escritor de livros policiais que se isola em uma casa próxima de um pântano, nos arredores de Valência e escreve uma trama que parece se entrelaçar com sua realidade.

O ator principal é o BERLIM, de A CASA DE PAPEL, o ótimo Pedro Alonso. Seu personagem, o escritor Q, é ambíguo, misterioso, violento e ao mesmo tempo sensível e determinado. No elenco de apoio estão Nacho Fresneda, Carmina Barrios, José Angel Egido, Alex Monner e Maite Sandoval.

O ponto alto do filme é justamente deixar o espectador adivinhando o que é real e o que faz parte da trama do livro que está sendo escrito pelo protagonista. A cada cena, a gente fica se indagando se aquilo ocorreu ou é apenas mais um capítulo do livro de ficção.

O SILÊNCIO DO PÂNTANO tem ainda algumas finas ironias. Em uma cena, um funcionário da Justiça trajando uma camiseta onde se lê “pela dignidade da Justiça” recebe propina para executar uma tarefa ilegal. A Delegada Chefe, corrupta e chefa de uma organização criminosa vai a uma procissão sacra e reza fervorosamente.

Achei o roteiro passível de ser melhor trabalhado e o ritmo da narrativa lento demais.

EL SILENCIO DEL PÂNTANO não é um grande filme, mas na melhor tradição do cinema espanhol contemporâneo, consegue prender nossa atenção.

NETFLIX is exhibiting its original Spanish production EL SILENCIO DEL PÂNTANO, by Asturian-born filmmaker Marc Vigil (EL MINISTÉRIO DEL TIEMPO). The film tells the story of a crime writer who isolates himself in a house near a swamp on the neighborhoods of Valencia and writes a plot that seems to be intertwined with his reality.

The main actor is BERLIN, from MONEY HEIS, the great Pedro Alonso. His character, the writer Q, is ambiguous, mysterious, violent and at the same time sensitive and determined. The supporting cast includes Nacho Fresneda, Carmina Barrios, José Angel Egido, Alex Monner and Maite Sandoval.

The highlight of the film is precisely to leave the viewer guessing what is real and what is part of the plot of the book being written by the protagonist. At each scene, we wonder if it happened or is it just another chapter in the fiction book.

THE SILENCE OF THE MARSH still has some fine ironies. In one scene, a Justice official wearing a T-shirt that reads “for the dignity of Justice” receives bribes to perform an illegal task. The female Chief Cop, corrupt and head of a criminal organization, goes to a religious procession and prays fervently.

I found the script to be better worked and the pace of the narrative too slow.

EL SILENCIO DEL PÂNTANO is not a great film, but in the best tradition of contemporary Spanish cinema, it manages to hold our attention.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.