O RETORNO DO HERÓI: Melanie Laurent e Jean Dujardin Muito Engraçados em Comédia Francesa de Alto Nível

Comédia não é exatamente o gênero de maior sucesso do cinema francês. Marcaram época os maravilhosos filme de Jacques Tati (AS AVENTURAS DO SR. HULOT e MEU TIO), filmes bem populares do cômico Louis de Funés (AS LOUCAS AVENTURAS DO RABBI JACOB) e anos depois alguns filmes de humor mais refinado como O FABULOSO DESTINO DE AMÉLIE POULAN, QUE MAL EU FIZ A DEUS? e INTOCÁVEIS.

O FESTIVAL VARILUZ DE CINEMA FRANCÊS EM CASA está apresentando O RETORNO DO HERÓI, uma comédia dirigida pelo francês Laurent Tirard, um cineasta e jornalista formado na New York University, que trabalhou para a Revista STUDIO e lançou um livro com mais de 20 entrevistas com cineastas. Indo para trás das câmeras, ele escreveu e dirigiu esta divertida história sobre um Capitão do Exército Francês que fica noivo de uma jovem milionária de uma família do interior da França, no dia em que é obrigado a embarcar para a Guerra com a Bélgica, em 1809.

Taxado de conquistador barato pela irmã mais inteligente da moça, o Capitão Neville nunca escreve à amada, que cai em profunda depressão. Para salvar a irmã, a protagonista resolve escrever falsas cartas de amor, supostamente enviadas do front pelo Capitão. Quando não tem mais como levar a farsa adiante, decide forjar a morte do Capitão, que tem um enterro simbólico emocionante.

O problema é que anos depois, o Capitão Neville retorna à cidade, quebrado, mais velho, cheio de histórias de veracidade duvidosa e pleno de interesses sexuais e financeiros nada republicanos.

O RETORNO DO HERÓI é um filme centrado no charme e na capacidade interpretativa invulgares (cômica até mesmo) de seu par central de atores. Ë uma afirmação do star system. Jean Dujardin, Oscar de Melhor Ator por O ARTISTA e vindo de um excepcional trabalho no filme de Roman Polansky, O OFICIAL E O ESPIÃO está perfeito (exagerado na medida exata) como o Capitão Neville um farsante charmoso que fascina os habitantes da pacata cidade para obter casa, comida, bebida, favores sexuais e dinheiro fácil.

Melanie Laurent se reafirma como uma das atrizes de ponta do atual cinema europeu. Já tendo feito trabalhos maravilhosos em BASTARDOS INGLÓRIOS e TODA FORMA DE AMOR, aos 36 anos ela já ganhou 2 CÉSARS e foi indicada duas vezes à Palma de Ouro em Cannes. É uma atriz diferenciada. Aqui, de forma pouco usual em sua carreira, revela um talento cômico insuspeitado fazendo uma deliciosa (e linda) Elizabeth Beaugrand, a irmã obcecada em desmascarar o estelionatário herói.

O filme tem situações, diálogos e cenas cômicas maravilhosas. O roteiro escrito pelo próprio Tirard é excelente, divertido, imaginativo e cheio de emoção e bom humor. Tirard ainda consegue filmar de forma belíssima, explorando interiores e exteriores com igual competência, para delírio visual do espectador.

O RETORNO DO HERÓI é um filme altamente recomendado. Entretenimento inteligente de primeiro nível.

Comedy is not exactly the most successful genre in French cinema. The wonderful films by Jacques Tati (THE ADVENTURES OF MR. HULOT and MY UNCLE), very popular films by the comic Louis de Funés (THE CRAZY ADVENTURES OF RABBI JACOB) and years later some more refined humor films like THE FABULOUS DESTINATION OF AMÉLIE POULAN, Qu’est-ce qu’on a fait au Bon Dieu? and UNTOUCHABLES.

THE FRENCH FILM VARILUZ FESTIVAL AT HOME is presenting RETURN OF THE HERO, a comedy directed by Frenchman Laurent Tirard, a filmmaker and journalist trained at New York University, who worked for STUDIO Magazine and released a book with more than 20 interviews with filmmakers . Going behind the camera, he wrote and directed this amusing story about a French Army Captain who becomes engaged to a young millionaire from a family in the French countryside, on the day he is forced to embark on the War with Belgium, in 1809.

Called a cheap conqueror by the girl’s smartest sister, Captain Neville never writes to his beloved, who falls into a deep depression. to save her sister, the protagonist decides to write false love letters, supposedly sent from the front by the Captain. When he can no longer carry on the farce, he decides to forge the death of the Captain, who has an emotional symbolic burial.

The problem is that years later, Captain Neville returns to the city, broken, older, full of stories of dubious veracity and full of sexual and financial interests not republican.

RETURN OF THE HERO is a film centered on the unusual charm and interpretive ability (even comic) of its central pair of actors. It is a statement of the star system. Jean Dujardin, Oscar for Best Actor for THE ARTIST and coming from an exceptional work in the film by Roman Polansky, J’ACCUSE is perfect (exaggerated in the exact measure) as Captain Neville a charming farcical that fascinates the inhabitants of the quiet city for get home, food, drink, sexual favors and easy money.

Melanie Laurent reasserts herself as one of the leading actresses in current European cinema. Having already done wonderful works in INGLORIOUS BASTERDS and THE BEGGINERS, at the age of 36 she has already won 2 CÉSARS and was nominated twice to the Palme d’Or in Cannes. She is a distinguished actress. Here, in an unusual way in his career, she reveals an unsuspected comedic talent making a delightful (and beautiful) Elizabeth Beaugrand, the sister obsessed with unmasking the hilarious hero.

The film has wonderful situations, dialogues and comic scenes. The script written by Tirard himself is excellent, fun, imaginative and full of emotion and good humor. Tirard still manages to film beautifully, exploring interiors and exteriors with equal competence, to the viewer’s visual delight.

RETURN OF THE HERO is a highly recommended film. Top-notch smart entertainment.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.