LAST MOMENT OF CLARITY: Thriller de Inspiração Hitchcockiana Tem Twist Bem Interessante no Roteiro

LAST MOMENT OF CLARITY, dos cineastas Colin Krisel e James Krisel é um thriller de 2020, que chega mais cedo ao streaming na Apple TV+. O filme narra a história de um jovem que testemunha a morte de sua amada em um tiroteio seguido de uma explosão no Brooklyn. Arrasado, ele se muda para Paris, onde fica fazendo bicos no bar de um americano. Três anos depois, certa noite, ele vai ao cinema e vê uma atriz exatamente igual à falecida paixão de sua vida. A partir daí, vira sua obsessão encontrar esta atriz e ver se ela é mesmo quem ele pensa.

Com forte inspiração hitchcockiana, LAST MOMENT OF CLARITY usa e abusa de planos clássicos de JANELA INDISCRETA e VERTIGO, duas das obras primas de Sir Alfred. O protagonista Sam (Zack Avery, ator californiano visto em FURY, com Brad Pitt) viaja para Los Angeles disposot a qualquer coisa para falar com Georgia (a ascendente atriz australiana Samantha Weaving, sobrinha de Hugo Weaving de MATRIX). Brian Cox, veterano ator escocês de TROY e X-MEN pontifica como o dono do bar onde Sam trabalha em Paris.

Em L.A. ele conhece a jovem Kat (Carly Chaikin, de MR. ROBOT) que o abriga e com quem passa a ter um relacionamento. A coisa se complica quando assassinos aparecem atrás do confuso e perturbado Sam.

No melhor estilo VERTIGO, o filme LAST MOMENT OF CLARITY investe pesado na dúvida se a atriz é mesmo Georgia ou tudo não passa de um delírio do perturbado Sam, ainda traumatizado pela violenta perda de sua amada.

Esta ambiguidade da história e dos personagens segura o interesse no filme em um nível alto, deixando o espectador ansioso por saber o final da história. E ainda cria o principal “twist” da história engenhosamente pensado pelo roteiro dos irmãos Krisel.

Gostei de ver LAST MOMENT OF CLARITY. Produção despida de muita sofisticação, consegue ser um thriller atraente, o que é um gol acima da média.

LAST MOMENT OF CLARITY, by filmmakers Colin Krisel and James Krisel is a 2020 thriller, which arrives early to streaming on Apple TV +. The film tells the story of a young man who witnesses the death of his beloved girlfriend in a shootout followed by an explosion in Brooklyn. Stuck, he moves to Paris, where he spends time working at an American bar. Three years later, one night, he goes to the cinema and sees an actress exactly like the dead passion of his life. From there, it becomes his obsession to find this actress and see if she really is who he thinks.

With a strong Hitchcockian inspiration, LAST MOMENT OF CLARITY uses and abuses classic plans of REAR WINDOW and VERTIGO, two of Sir Alfred’s masterpieces. The protagonist Sam (Zack Avery, Californian actor seen in FURY, with Brad Pitt) travels to Los Angeles willing to do anything to talk to Georgia (upward Australian actress Samantha Weaving, niece of Hugo Weaving of MATRIX). Brian Cox, veteran Scottish actor from TROY and X-MEN pontificates as the owner of the bar where Sam works in Paris.

In L.A. he meets the young Kat (Carly Chaikin, from MR. ROBOT) who shelters him and with whom he has a relationship. It gets complicated when assassins appear behind the confused and troubled Sam.

In the best VERTIGO style, the film LAST MOMENT OF CLARITY invests heavily in the doubt whether the actress is really Georgia or everything is just a delusion of the disturbed Sam, still traumatized by the violent loss of his beloved.

This ambiguity of the story and the characters holds interest in the film at a high level, leaving the viewer anxious to know the end of the story. It also creates the main twist of the story ingeniously designed by the script of the Krisel brothers.

I enjoyed watching LAST MOMENT OF CLARITY. Production without much sophistication, it manages to be an attractive thriller, which is an above average goal.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.