O SEGREDO DOS SEUS OLHOS: Obra Prima de Campanella é um Perfeito Tango Filmado

Revi hoje pela enésima vez O SEGREDO DOS SEUS OLHOS, filme que o diretor Juan José Campanella fez em 2009 e que ganhou o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, 13 prêmios da Academia de Cinema Argentino, 2 Goya Awards e 5 prêmios no Festival de Havana. Além disto foi indicado ao BAFTA e ao David di Donatello.

É realmente um filme impressionante. A história conta como membros de um gabinete da Promotoria de Buenos Aires são chamados para investigar o estupro e morte de uma jovem recém casada e terminam se envolvendo em uma perseguição do culpado por décadas a fio, pela proteção militar dada ao assassino, como informante da ditadura argentina.

Ricardo Darin (em um de seus melhores trabalhos), a musa Soledad Villamil (excelente atriz e cantora fazendo uma exuberante Irene Menendez Hastings), Guillermo Francella (como um extraordinário Sandoval), Carla Quevedo (uma Liliana Coloto linda), Pablo Rago (como o traumatizado viúvo) e Javier Godino (o vilão odioso) fazem um elenco perfeito e impressionante. É impossível dizer quem trabalhou melhor.

O roteirista (e escritor do livro em que o filme se baseia) Eduardo Sacheri concebeu uma história que tem todos os elementos: drama, thriller, romantismo, política, paixão pelo futebol, corrupção e vingança.

Juan José Campanella, cineasta argentino que tem em seu currículo o extraordinário O FILHO DA NOIVA e muitos episódios da antológica série HOUSE, fez aqui seu melhor trabalho. Portenho até a raiz, O SEGREDO DOS SEUS OLHOS é um tango filmado. E um tango de altíssima qualidade.

Desde a primeira que vez que vi o filme, com meu amigo Felipe Vieira numa tarde de sábado, fiquei muito impressionado pelo poder, emoção e inteligência da história.

E, entre tantas cenas antológicas do filme, o célebre travelling da câmera até chegar dentro do estádio El Cilindro do Racing (embora as locações tenham sido feitas no Estádio do Huracán) é algo de fazer todo cinéfilo babar. Coisa de filme de alta classe.

A refilmagem americana não deu para a saída na comparação com este filme memorável. Apesar de Julia Roberts e Nicole Kidman.

O SEGREDO DOS SEUS OLHOS é um filme perfeito. Daqueles que a gente vê e revê sem parar. E, a cada vez, não somente se descobre novas nuances dos personagens e dos diálogos, como faz a gente se emocionar outra vez. É cinema nota dez.

Today I reviewed for the umpteenth time THE SECRET IN THEIR EYES (EL SECRETO DE SUS OJOS), a film that director Juan José Campanella made in 2009 and won the Oscar for Best Foreign Film, 13 awards from the Argentine Film Academy, 2 Goya Awards and 5 awards at the Festival of Havana. In addition, he was nominated for BAFTA and David di Donatello.

It is really an impressive film. The story tells how members of a Buenos Aires prosecutor’s office are called in to investigate the rape and death of a newly married young woman and end up engaging in a persecution of the culprit for decades on end for military protection given to the killer as an informant for the Argentine dictatorship.

Ricardo Darin (in one of his best works), muse Soledad Villamil (excellent actress and singer making an exuberant Irene Menendez Hastings), Guillermo Francella (as an extraordinary Sandoval), Carla Quevedo (a beautiful Liliana Coloto), Pablo Rago (as the traumatized widower) and Javier Godino (the hateful villain) make a perfect and impressive cast. It is impossible to say who worked better.

The screenwriter (and writer of the book on which the film is based) Eduardo Sacheri conceived a story that has all the elements: drama, thriller, romanticism, politics, passion for football, corruption and revenge.

Juan José Campanella, Argentine filmmaker whose curriculum includes the extraordinary THE SON OF THE BRIDE and many episodes of the anthological series HOUSE, did his best work here. From Buenos Aires to the roots, THE SECRET IN THEIR EYES is a filmed tango. And a very high quality tango.

Since the first time I saw the film, with my friend Felipe Vieira on a Saturday afternoon, I was very impressed by the power, emotion and intelligence of the story.

And, among so many anthological scenes from the film, the famous traveling camera until it arrives inside the Racing stadium is something to make every movie buff drool. High-class movie thing.

THE SECRET IN THEIR EYES is a perfect film. Of those that we see and see over and over. And each time, not only are new nuances of the characters and dialogues discovered, but it makes us feel emotional again. It’s top-notch cinema.

Anúncios

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.