DEAR: Apple TV+ Faz Série Documental Extraordinária

O cinema documental é uma arte que talvez exija ainda mais competência que o cinema de ficção. Fazer um excelente documentário, com um tema importante e interessante, com imagens e roteiro poderosos e com um ritmo atraente é um objetivo muito difícil de ser alcançado.

A Apple TV+ lançou neste final de semana a série documental DEAR, onde 10 personalidades tem sua vida retratada através de entrevistas entremeadas com cartas que receberam de pessoas cuja vida foi influenciada por ela.

São enfocados: Spike Lee (cineasta), Oprah Winfrey Apresentadora de TV), Stevie Wonder (Músico), Misty Copeland (Bailarina), Jane Goodall (ativista pela Proteção dos Animais), Lin-Manuel Miranda (Autor da Peça Musical HAMILTON), Yara Shahidi (Atriz de Black-ish e Ativista) , Gloria Steinem (Jornalista e Ícone do Movimento Feminista), Big Bird (o Garibaldo de Vila Sésamo) e Aly Raisman (Ginasta Bi-Campeã Olímpica).

Temas como racismo, aborto, feminismo, abuso sexual, xenofobia, preconceito racial, apartheid, empoderamento, trabalho social, abuso sexual, feminismo, inclusão, aquecimento global, poluição e muitos outros temas do nosso tempo.

As entrevistas são excepcionais. As histórias das pessoas que escreveram para cada pessoa são escolhidas a dedo. E a edição dos dez capítulos da série é exemplar. A emoção dos entrevistados e de seus interlocutores várias vezes se transfere ao espectador tamanha a excelência da produção.

Na minha opinião, todo mundo deveria assistir DEAR. Além de ser uma aula de humanismo, ajuda muito a compreender o mundo em que vivemos.

Documentary cinema is an art that perhaps requires even more competence than fictional cinema. Making an excellent documentary, with an important and interesting theme, with powerful images and script and an attractive pace is a very difficult objective to achieve.

Apple TV + released this weekend the documentary series DEAR, where 10 personalities have their lives portrayed through interviews interspersed with letters they received from people whose life was influenced by it.

They focus on: Spike Lee (filmmaker), Oprah Winfrey (TV Presenter), Stevie Wonder (Musician), Misty Copeland (Ballerina), Jane Goodall (Animal Protection activist), Lin-Manuel Miranda (Author of the Musical Play HAMILTON), Yara Shahidi (Black-ish Actress and Activist), Gloria Steinem (Journalist and Icon of the Feminist Movement), Big Bird (the Sesame Street Garibaldo) and Aly Raisman (Bi-Champion Olympic Gymnast).

Themes such as racism, abortion, feminism, sexual abuse, xenophobia, racial prejudice, apartheid, empowerment, social work, sexual abuse, feminism, inclusion, global warming, pollution and many other themes of our time are focused.

The interviews are exceptional. The stories of the people who wrote for each person are handpicked. And the edition of the ten chapters of the series is exemplary. The emotion of the interviewees and their interlocutors is often transferred to the viewer by the excellence of the production.

In my opinion, everyone should watch DEAR. In addition to being a humanism class, it helps a lot to understand the world we live in.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.