SMALL WORLD: O Peso dos Segredos de Família e as Armadilhas da Memória

Gerard Depardieu é o protagonista do filme JE N’AI RIEN OUBLIÉ (NÀO ESQUECI NADA – SMALL WORLD), drama que o diretor francês Bruno Chice levou às telas a partir do romance homônimo do premiado escritor suíço Martin Suter.

A história narra os problemas de perda da memória recente que um homem passa no momento em que o herdeiro da família rica que o abriga está casando com uma linda moça disposta a descobrir os segredos que as pessoas guardam a sete chaves.

Depardieu faz Konrad Lang, o filha da ex-empregada que o abandonou, quando fugiu com um namorado para os Estados Unidos. Ele ficou morando com a família em face da grande amizade com o filho e da proteção que lhe dedicava a matriarca. Agora com a chegada da demência, ele passa a lembrar de antigos fatos ocorridos na casa, muito incômodos para todos.

A atriz romena Alexandra Maria Lara faz a recém chegada Simone, que se afeiçoa a Konrad e passa a lhe dedicar carinho e atenção. No elenco as veteranas François Fabian (A BELA DA TARDE) e Nathalie Baye (A FILHA DA MINHA MULHER). Também se destacam o Niels Arestrup (O CAVALO DE GUERRA) e Yannick Ranier.

Dois são os temas principais de SMALL WORLD: o peso dos segredos familiares, com as desagradáveis consequências de sua iminente descoberta que coloca todos em perigo e os truques da memória, uma faculdade capaz de lembrar detalhes de um passado distante e não lembrar o que aconteceu há instantes.

O livro de Suter tem diálogos brilhantes, como quando Konrad diz à recém casada: “Ë melhor você voltar. Seu marido pode se incomodar.”Ao que ela responde: “Ele não tem ciúmes.” E Konrad rebate: “Já?” Maravilhoso.

SMALL WORLD perde um pouco quando opta por cenas engraçadas sobre a doença de Konrad. Na minha opinião, ao tentar descontrair, o cineasta perdeu um pouco a mão no drama que era seu foco principal.

Mesmo assim, é um bom filme para se ver. Tem na Apple TV+.

Gerard Depardieu is the protagonist of the film JE N’AI RIEN OUBLIÉ (SMALL WORLD), a drama that French director Bruno Chice brought to the screen from the eponymous novel by the award-winning Swiss writer Martin Suter.

The story recounts the problems of loss of recent memory that a man goes through when the heir to the wealthy family that houses him is marrying a beautiful girl willing to discover the secrets that people keep under lock and key.

Depardieu plays Konrad Lang, the son of the former maid who abandoned him, when she ran off with a boyfriend to the United States. He lived with his family in the face of great friendship with his son and the protection that the matriarch gave him. Now with the arrival of dementia, he starts to remember old facts that happened in the house, very uncomfortable for everyone.

Romanian actress Alexandra Maria Lara plays the newcomer Simone, who is fond of Konrad and starts to dedicate affection and attention to him. The veterans e (LA BELLE DE JOUR) and Nathalie Baye (MY WIFE’S DAUGHTER) were also cast. Also noteworthy are Niels Arestrup (THE WAR HORSE) and Yannick Ranier.

Two are the main themes of SMALL WORLD: the weight of family secrets, with the unpleasant consequences of its imminent discovery that puts everyone in danger and the tricks of memory, a faculty capable of remembering details of the distant past and not remembering what happened there are moments.

Suter’s book has brilliant dialogues, such as when Konrad says to the newlywed: “You’d better go back. Your husband might be upset.” To which she replies, “He’s not jealous.” And Konrad says, “Already?” Wonderful.

SMALL WORLD loses a little when he chooses funny scenes about Konrad’s disease. In my opinion, when trying to relax, the filmmaker lost a little hand in the drama that was his main focus.

Still, it’s a good movie to watch. It has on Apple TV +.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.