O PRIMEIRO ANO DO RESTO DE NOSSAS VIDAS: Amores e Dores da Idade Adulta

Inicio dizendo que eu adoro o filme O PRIMEIRO ANO DO RESTO DE NOSSAS VIDAS, que Joel Schumacher dirigiu em 1985. E há uma lista interminável de motivos.

A história de sete amigos que têm encontros e desencontros quando estão ingressando na vida adulta – embora o tema tenha sido explorado em dúzias de filmes – tem aqui um dos tratamentos mais emotivos, humanos e sensíveis que vi nas telas.

O primeiro ponto espetacular de ST. ELMO’S FIRE é seu roteiro inspiradíssimo de autoria do próprio Scumacher e Carl Kurlander. Tem diálogos, cenas e personagens brilhantes. Trata-se de um texto brilhante e provocativo, que mistura comédia, drama, tragédia, raiva, amor, amizade, emoção, sensualidade, política e sonhos perdidos em quantidades homogêneas e bem balanceadas.

O elenco é alguma coisa de impressionante: Demi Moore, Judd Nelson, Rob Lowe, Ally Sheedy, Emilio Esteves, Andrew McCarthy e Mare Winnigahm fazem os sete amigos. MArtin Balsam, Andy McDowell (belíssima), e Jennt Whright são os coadjuvantes. Nota dez. Todos estão ótimos.

A trilha sonora, com o tema de amor de ST.ELMO’S FIRE, de David Foster é extraordinária. A canção MAN IN MOTION é um must.

O novaiorquino Joel Schumacher fez ótimos filmes como UM TOQUE DE INFIDELIDADE, TUDO POR AMOR e TEMPO DE MATAR. Também fez coisas horrorosas como BATMAN E ROBIN e REFÉNS. ST. ELMO’S FIRE disputa o lugar de ser seu melhor trabalho.

Típico filme dos anos 80, O PRIMEIRO ANO DO RESTO DE NOSSAS VIDAS mais do que um cult movie, já virou um clássico.

I begin by saying that I love the film ST.ELMO’S FIRE, which Joel Schumacher directed in 1985. And there is an endless list of reasons.

The story of seven friends who have encounters and disagreements when they are entering adult life – although the theme has been explored in dozens of films – here is one of the most emotional, human and sensitive treatments I have seen on the screens.

The first spectacular point of ST. ELMO’S FIRE is his highly inspired script by Scumacher and Carl Kurlander. It has dialogues, scenes and brilliant characters. It is a brilliant and provocative text, which mixes comedy, drama, tragedy, anger, love, friendship, emotion, sensuality, politics and dreams lost in homogeneous and well-balanced quantities.

The cast is something impressive: Demi Moore, Judd Nelson, Rob Lowe, Ally Sheedy, Emilio Esteves, Andrew McCarthy and Mare Winnigham make the seven friends. Martin Balsam, Andy McDowell (beautiful), and Jennt Whright are the supporting actors. Grade A. Everyone is great.

The soundtrack, with the love theme of ST.ELMO’S FIRE, by David Foster is extraordinary. The song MAN IN MOTION is a must.

New Yorker Joel Schumacher made great films like COUSINS, DYING YOUNG and A TIME TO KILL. He also did horrible things like BATMAN AND ROBIN and HOSTAGES. ST. ELMO’S FIRE vies for the place to be his best work.

Typical 80’s film, ST.ELMO’S FIRE more than a cult movie, it has already become a classic.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.