TOPKAPI: Um Filme Clássico de Assalto a um Museu

A TV DIFUSORA (hoje TV Bandeirantes) tinha uma sessão nos domingos à noite chamada PALMA DE OURO, onde exibia filmes famosos do cinema. Foi ali que, muitos anos atrás, vi TOPKAPI, que o americano Jules Dassin fez com sua esposa, a consagrada atriz grega Melina Mercouri 9NUNCA AOS DOMINGOS), Peter Ustinov, Maximilian Schell, Robert Morley, Akim Tamirov, Gilles Dassin e Titos Vandis. Tem na Apple TV+ e na Amazon Prime.

Um grupo de assaltantes concebe um plano mirabolante para roubar uma adaga cravejada de esmeraldas de um museu em Istambul. Chefiados por Valter Harper (Schell, ótimo ator) e pela sedutora Elizabeth Lipp (Melina sempre esfuziante), o grupo tem de enfrentar todo tipo de contratempos inesperados para atingir seu objetivo, sob estrita vigilância da Polícia Turca.

TOPKAPI, embora seja um filme sobre um roubo, tem um tom cômico maravilhoso. O plano em si é tão complicado e fantasioso que é impossível não dar risadas a cada problema que surge no caminho dos anti-heróis. Para a comicidade do filme contribui muito o excepcional trabalho de Peter Ustinov como Arthur Simon Simpson, um pequeno vigarista grego que acidentalmente entra para o grupo, sem a menor vontade de participar.

O diretor Dassin (ganhador da Palma de Ouro em Cannes) consegue mesclar com raro talento, seriedade e comicidade, prendendo a atenção do espectador nas horas sérias do filme e levando a muitas risadas nas passagens cômicas. A execução do assalto em si, é um exemplar deste fato: a gente fica com a respiração presa quase todo tempo e cai em risadas a cada trapalhada de Peter Ustinov.

TOPKAPI é um filme clássico do gênero de filmes de roubo. Figura em qualquer lista dos melhores deste gênero tão frequentado por cineastas do mundo inteiro. Acho que os planos de assalto mirabolantes e o charme dos anti-heróis fazem muito sucesso.

TV DIFUSORA (today TV Bandeirantes) had a Sunday night session called GOLDEN PALM, where it showed famous films from the cinema. It was there that, many years ago, I saw TOPKAPI, which the American moviemaker Jules Dassin did with his wife, the renowned Greek actress Melina Mercouri (NEVER ON SUNDAYS), Peter Ustinov, Maximilian Schell, Robert Morley, Akim Tamirov, Gilles Dassin and Titos Vandis.

A group of jewel thieves devises a crazy plan to steal an emerald-studded dagger from a museum in Istanbul. Headed by Valter Harper (Schell, a great actor) and seductive Elizabeth Lipp (Melina, always sparkling), the group has to face all kinds of unexpected setbacks to achieve its goal, under strict surveillance by the Turkish Police.

TOPKAPI, although it is a film about theft, has a wonderful comic tone. The plan itself is so complicated and fanciful that it is impossible not to laugh at every problem that comes in the way of the anti-heroes. The exceptional work of Peter Ustinov as Arthur Simon Simpson, a small Greek con man who accidentally joins the group, without the slightest desire to participate, contributes to the comedy of the film.

Director Dassin (winner of the Palme d’Or in Cannes) manages to mix with rare talent, seriousness and comedy, holding the viewer’s attention during the serious hours of the film and leading to a lot of laughter in the comic passages. The execution of the assault itself is an example of this fact: we keep our breath caught almost all the time and burst into laughter at each mess of Peter Ustinov.

TOPKAPI is a classic film of the theft film genre. It appears on any list of the best of this genre so frequented by filmmakers from all over the world. I think the crazy assault plans and the charm of the antiheroes are very successful.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.