THE OLD GUARD: Charlize Theron e Seus amigos Imortais em Novo Filme da NETFLIX

Tem filme que junta tantos temas e gêneros que é quase impossível para o roteirista e para o diretor conseguir lidar com a multiplicidade de assuntos que tem que ser enfocados (e resolvidos) em duas horas de duração. O novo filme com Charlize Theron que estreou nesta sexta-feira na NETFLIX, THE OLD GUARD (algo como A ANTIGA GUARDA) padece justamente deste problema.

Andy, a personagem de Charlize é uma highlander imortal que lidera um grupo de pessoas como ela que atravessam os tempos em guerras e batalhas sem poder morrer. O filme é baseado em uma história em quadrinhos de Greg Rucka, adaptada para as telas pelo próprio. A diretora é a cineasta habituée do Sundance e do Spirit Awards, Gina Prince Bythewood (realizadora do interessante A VIDA SECRETA DAS ABELHAS).

Os quatro highlanders encontram uma mulher do exército americano que é esfaqueada mortalmente por um líder talibã no Afeganistão, mas inexplicavelmente sobrevive sem um arranhão. Trata-se da mais jovem highlander.

Evidentemente, este grupo é perseguido por um cientista maluco que descobre a imortalidade deles junto com um ex-agente da CIA e, porque é dono de uma das maiores indústrias farmacêuticas do mundo, contrata um exército de mercenários para encontrá-los e trazê-los como cobaias para seu laboratório.

Não satisfeito com todos estes assuntos, o filme ainda investe na inclusão racial e sexual, mostrando que mesmo os imortais estão engajados nas modernas tendências.

É claro que uma produção cheia de recursos consegue criar um filme que prende a atenção do espectador, com lutas mirabolantes que vão de Napoleão às Cruzadas e do Afeganistão à bucólicas paisagens dos arredores de Paris.

Charlize Theron é sempre alguém interessante de se ver. Assim também o ator inglês Chiwetel Ojiofor. A eles se juntam a jovem Kiki Layne, Mathias Schoenaerts, Marwan Kenzari e Luca MArinelli. O filme muitas vezes parece um videogame de lutas e chacinas. A quantidade de tiros à queima roupa é realmente impressionante.

Como os dólares sempre atraem as continuações, o filme deixa pendurado um big gancho para uma sequencia. Dependendo do sucesso, os highlanders de THE OLD GUARD ainda vão voltar às telas e matar mais algumas centenas de bandidos.

There are certain films that bring together so many themes and genres that it is almost impossible for the screenwriter and the director to be able to deal with the multiplicity of subjects that have to be focused (and resolved) in two hours. The new film with Charlize Theron that premiered this Friday at NETFLIX, THE OLD GUARD suffers from this problem.

Andy, Charlize’s character is an immortal highlander who leads a group of people like her who go through times in wars and battles without being able to die. The film is based on a comic book by Greg Rucka, adapted for the screens by himself. The director is the habituée filmmaker at Sundance and the Spirit Awards, Gina Prince Bythewood (director of the interesting THE SECRET LIFE OF THE BEES).

The four highlanders find a woman in the American army who is stabbed to death by a Taliban leader in Afghanistan, but inexplicably survives without a scratch. This is the youngest highlander.

Evidently, this group is pursued by a mad scientist who discovers their immortality together with a former CIA agent and, because he owns one of the largest pharmaceutical companies in the world, hires an army of mercenaries to find them and bring them as guinea pigs to your laboratory.

Not satisfied with all these issues, the film still invests in racial and sexual inclusion, showing that even immortals are engaged in modern trends.

It is clear that a resourceful production manages to create a film that captures the viewer’s attention, with stunning struggles ranging from Napoleon to the Crusades and Afghanistan to the bucolic landscapes around Paris.

Charlize Theron is always an interesting person to see. So did the English actor Chiwetel Ojiofor. They are joined by young Kiki Layne, Mathias Schoenaerts, Marwan Kenzari and Luca Marinelli. The film often looks like a video game of struggles and massacres. The number of shots at close range is really impressive.

As dollars always attract sequels, the film hangs a big hook for a sequel. Depending on their success, THE OLD GUARD highlanders will still return to the screens and kill a few hundred more bandits.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.