VIVA A LIBERDADE: Comédia Dramática Italiana Honra Seus Antecessores Ilustres

A comédia dramática italiana criou uma linguagem própria que pode ser reconhecida facilmente. Há uma lista interminável de grandes filmes do gênero feitos na Itália. Apenas para citar alguns: FEIOS, SUJOS E MALVADOS, AQUELE QUE SABE VIVER, O INCRÍVEL EXÉRCITO DE BRANCALEONE, MEUS CAROS AMIGOS e por aí vai.

VIVA A LIBERDADE, do cineasta italiano Roberto Andò honra seus predecessores ilustres. Um político proeminente, líder do partido de oposição, certa noite desaparece sem qualquer explicação. Seus assessores mais próximos – ante a crise que isto provocaria – resolvem buscar o irmão gêmeo dele para substituí-lo até sua volta. Ocorre que o irmão recém saíra de um hospício.

O político real busca refúgio para a depressão que sentia, com uma antiga namorada, roteirista de cinema, hoje casada com um cineasta oriental e morando na França. O louco ganha um propósito de vida e assume seu papel com emprenho e sabedoria inesperados.

O roteiro baseado em um livro do próprio Andò é sábio em usar o non sense da situação para investir pesado contra a política, os políticos, os eleitores de maus políticos e a imprensa preguiçosa e conformada com a situação de desigualdade italiana. Há piadas, frases e situações realmente muito engraçadas, que fazem o espectador rir muito. Ironia é um recurso que Andò sabe manejar com maestria.

O veterano ator Toni Servillo faz os dois irmãos gêmeos : o político e o louco. A bela e ótima Valeria Bruni Tedeschi faz a ex- namorada. Valeria Mastrandea é o braço direito do político.

VIVA A LIBERDADE é um ótimo filme. Merece muito ser visto.

The Italian dramatic comedy has created its own language that can be easily recognized. There is an endless list of great films of the genre made in Italy. Just to name a few: UGLY, DIRTY AND BAD (Brutti, sporchi e cattivi), IL SORPASSO, THE INCREDIBLE ARMY OF BRANCALEONE, AMICI MIEI and so on.

LONG LIVE FREEDOM (VIVA LA LIBERTAD), by Italian filmmaker Roberto Andò honors his illustrious predecessors. A prominent politician, leader of the opposition party, one night disappears without explanation. His closest advisers – in the face of the crisis this would cause – decide to seek his twin brother to replace him until his return. It turns out that the brother had just come out of a madhouse.

The royal politician seeks refuge from the depression he felt, with an old girlfriend, a movie writer, now married to an oriental filmmaker and living in France. The madman gains a life purpose and assumes his role with unexpected skill and wisdom.

The script based on a book by Andò himself is wise to use the non-sense of the situation to invest heavily against politics, politicians, voters of bad politicians and the lazy and conformed press with the situation of Italian inequality. There are really funny jokes, phrases and situations that make the viewer laugh a lot. Irony is a resource that Andò knows how to handle with mastery.

Veteran actor Toni Servillo plays the two twin brothers: the politician and the madman. The beautiful and great Valeria Bruni Tedeschi plays the ex-girlfriend. Valeria Mastrandea is the politician’s right hand.

VIVA LA LIBERTAD is a great film. It deserves to be seen.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.