O GAMBITO DA RAINHA: Xadrez como Modo de Vida

O GAMBITO DA RAINHA é uma mini série produção original da NETFLIX que leva para as telas o fascínio do jogo de xadrez. Há vários filmes que direta ou indiretamente mencionam o xadrez, como KNIGHT MOVES, com Christopher Lambert e PAWN SACRIFICE, com Tobey McGuire.

Esta nova produção narra a paixão de uma menina órfã pelo xadrez desde que conhece o jogo através de um faz tudo muito afetuoso e solitário no porão do orfanato até chegar à campeã americana e mundial décadas após.

O filme é narrado de forma inteligente, criativa e bem humorada buscando trazer para os espectadores porque muitas pessoas são apaixonadas pelo jogo do Rei, Rainha, Bispo, cavalo, Torre e Peões e suas estratégias ilimitadas.

A expressão GAMBITO DA RAINHA, por exemplo é uma das terminologias que refere às múltiplas jogadas do Xadrez.

O trabalho da atriz norte-americana Anya Taylor-Joy é primoroso. Sua Beth Harmon (feita como criança pela ótima Isla Johnston) é uma mescla de triste, melancólica, avassaladora, fria e apaixonada. Deixa forte impressão em muitas cenas.

Gostei muito de O GAMBITO DA RAINHA. Como joguei xadrez como amador na época do Colégio Rosário, acompanhei e vibrei com os campeonatos mundiais da época entre Bob Fischer e Boris Spassky, sei quem foram Mequinho, Karpov e Capablanca, sei que tinha mais motivos para me identificar com a narrativa.

Mas minha impressão é que a série consegue ser atrativa mesmo para quem não curte xadrez. Consegue transcender seu tema básico.

Vale muito a pena ser vista.

THE QUEEN’S GAMBIT is a mini series originally produced by NETFLIX that brings the fascination of the game of chess to the screen. There are several films that directly or indirectly mention chess, such as KNIGHT MOVES, with Christopher Lambert and PAWN SACRIFICE, with Tobey McGuire.

This new production chronicles the passion of an orphan girl for chess since she got to know the game through a very affectionate and lonely thing in the basement of the orphanage until reaching the American and world champion decades later.

The film is narrated in an intelligent, creative and humorous way seeking to bring to viewers because many people are passionate about the game of the King, Queen, Bishop, horse, Rook and Pawns and their unlimited strategies.

The expression THE QUEEN’S GAMBIT, for instance is one of the terminologies that refers to the multiple plays of Chess.

The work of the American actress Anya Taylor-Joy is exquisite. Her Beth Harmon (made as a child by the great Isla Johnston) is a mixture of sad, melancholy, overwhelming, cold and passionate. It leaves a strong impression on many scenes.

I really liked THE QUEEN’S GAMBIT. As I played chess as an amateur at the time of Colégio Rosário, I followed and cheered with the world championships of the time between Bob Fischer and Boris Spassky, I know who Mequinho, Karpov and Capablanca were, I know that I had more reasons to identify myself with the narrative.

But my impression is that the series can be attractive even for those who don’t like chess. It manages to transcend its basic theme.

It is very worthwhile to be seen.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.