MARTIN BALSAM: A Arte de Ser Coadjuvante

Dias destes eu estava falando com meu amigo Ernani Back sob re Martin Balsam, um daqueles ótimos atores norte-americanos que marcaram época como atores coadjuvantes. Eu lembro de dezenas de filmes em que Martin Balsam apareceu (e trabalho de forma excelente) em um papel secundário, mas de grande relevância para a trama.

DOZE HOMENS E UMA SENTENÇA, PSICOSE, O SEQUESTRO DO METRÔ, TODOS OS HOMENS DO PRESIDENTE, CABO DO MEDO, O PRIMEIRO ANO DO RESTO DE NOSSAS VIDAS, ASSASSINATO NO EXPRESSO DO ORIENTE e O PEQUENO GRANDE HOMEM são apenas alguns dos filmes em que ele exerceu sua arte.

O detetive Milton Arbogast, que fica de olho em Norman Bates é uma de suas criações clássicas.

Hoje Martin Balsam estaria fazendo 101 anos.

These days I was talking to my friend Ernani Back about Martin Balsam, one of those great American actors who marked as supporting actors. I remember dozens of films in which Martin Balsam appeared (and I work excellently) in a secondary role, but of great relevance to the plot.

TWELVE ANGRY MEN, PSYCHO, THE TAKING OF PELHAM 123, ALL THE PRESIDENT’S MEN, CAPE FEAR, ST. ELMO’S FIRE, MURDER IN THE ORIENT EXPRESS and BIG LITTLE MAN are just some of the films in which he exercised his art.

Detective Milton Arbogast, who keeps an eye on Norman Bates, is one of his classic creations.

Today Martin Balsam would be 101.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.