FUGA NO SÉCULO 23: Prazer Só Até os Trinta Anos de Idade

FUGA NO SÉCULO 23 (LOGAN’S RUN) é um filme de ficção científica feito pelo inglês Michael Anderson, em 1976, indicado a três Oscars e ganhador do Prêmio da academia de Efeitos Visuais. Foi baseado no livro “Logan’s Run”, do escritor novaiorquino David Zelag Goodman, habituée de séries de TV (COMBAT! e OS INTOCÁVEIS) e escritor de roteiros ótimos como SOB O DOMÍNIO DO MEDO.

Em uma sociedade perfeita no futuro (o ano é 2274), a humanidade vive em domos onde todos os prazeres são permitidos. Mas o limite de vida é 30 anos. Após esta idade, as pessoas passam por uma cerimônia religiosa e são exterminadas. Há alguns que resistem e fogem, são os “runners”. Um jovem policial (um “sandman”) se envolve com uma bela garota que participa de uma espécie de resistência que quer desmascarar esta sociedade idílica.

O elenco era ótimo: Michael York (CABARET), a inglesinha Jenny Agutter (EQUUS, recentemente vista em OS VINGADORES), Farah Fawcett Majors (no auge do sucesso de AS PANTERAS), Peter Ustinov, Richard Jordan, Roscoe Lee Browne e Michael Anderson Jr.

Havia muita coisa interessante em FUGA NO SÉCULO 23, além de uma história distópica que investia forte contra as sociedade onde se suprime a liberdade sob falsos pretextos de felicidade plena. Os efeitos visuais realmente eram impressionantes (para a época em que o filme foi feito) e o clima de sensualidade entre os protagonistas era uma atração à parte.

O filme ainda tem algumas passagens cômicas, como quando a jovem Jessica-6 vê pela primeira vez um homem de barba (Peter Ustinov) e quer tocar para saber o que é aquilo que ele tem no rosto.

O filme fez tanto sucesso que a MGM fez uma série baseada nele. Era estrelada por gregory Harrison e Heather Menzies e durou apenas uma temporada.

FUGA NO SÉCULO 23 é um bom exemplar de como era um filme de ficção científica na década de 70.

LOGAN’S RUN is a science fiction film made by the English Michael Anderson , in 1976, nominated for three Oscars and Academy Award for Visual Effects. It was based on the book “Logan’s Run”, by New York writer David Zelag Goodman , habituée of TV series ( COMBAT! and THE UNTOUCHABLES) and great screenwriter like STRAW DOGS.

In a perfect society in the future (the year is 2274), humanity lives in domes where all pleasures are allowed. But the life limit is 30 years. After this age, people go through a religious ceremony and are exterminated. There are some who resist and flee, they are the “runners”. A young policeman (a “sandman”) gets involved with a beautiful girl who participates in a kind of resistance that wants to unmask this idyllic society.

The cast was great: Michael York (CABARET), English Jenny Agutter (EQUUS, recently seen in THE AVENGERS), Farah Fawcett Majors (at the height of CHARLIE’S ANGELS success), Peter Ustinov, Richard Jordan, Roscoe Lee Browne and Michael Anderson Jr.

There was a lot of interesting stuff in LOGAN’S RUN, in addition to a dystopian history that invested strongly against societies where freedom is suppressed under false pretenses of complete happiness. The visual effects were really impressive (for the time the film was made) and the sensuality between the protagonists was an attraction in itself.

The film still has some comedic passages, like when young Jessica-6 first sees a bearded man (Peter Ustinov) and wants to touch to find out what is on his face.

The film was so successful that MGM made a series based on it. It starred Gregory Harrison and Heather Menzies and lasted only one season.

LOGAN’S RUN is a good example of what a science fiction film was like in the 70s.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.