O SOM DO SILÊNCIO: Aprender a Ser Surdo

Outro grande filme de 2020 que eu não tinha visto e tive a atenção chamada nas listas de melhores dos cinéfilos no CINEMARCO foi O SOM DO SILÊNCIO, de Darius Marder, um roteirista e editor que faz seu primeiro longa de ficção, contando uma história maravilhosa.

Um jovem músico e dono de uma banda de rock pesado fica surdo de surpresa durante uma turnê. Como a música é sua vida, ela desaba a seus pés, de uma hora para a outra. Até a namorada (cujo maior vínculo era a banda) resolve voltar a Paris para a casa paterna para ele poder se tratar.

Indicada por um amigo, ele vai parar em uma casa de surdos, uma espécie de comunidade onde as pessoas com problemas auditivos se ajudam, inclusive trabalhando em uma escola para crianças surdas da redondeza.

O chefe da casa é um senhor que aprendeu a ser surdo, segundo suas palavras a recita para ser feliz.

O protagonista Ruben (outro trabalho maravilhoso do ator inglês Riz Ahmed) ainda está fascinado pela possibilidade de fazer uma cirurgia para lha devolve a audição, um plano diametralmente oposto ao trabalho feito na casa por Joe (Paul Rasci, magnífico). Olivia Cooke e Mathieu Almaric completam o grupo central de atores.

SOUND OF METAL é um daqueles filmes que, a cada cena, deixa uma reflexão ao espectador. Há certo ou errado em uma situação como a que Rubem enfrenta?

Gostei muito de ver O SOM DO SILÊNCIO. Traz coisas da vida que a gente sequer sabe existirem. Ë uma verdadeira liçao de cinema e de vida.

Another great film of 2020 that I had not seen and had the attention called in the lists of the best of the moviegoers at CINEMARCO was SOUND OF METAL, by Darius Marder, a screenwriter and editor who makes his first fiction feature, telling a wonderful story.

A young musician and owner of a heavy rock band is deaf by surprise during a tour. Since music is your life, it collapses at your feet, all of a sudden. Even his girlfriend (whose biggest bond was the band) decides to return to Paris to his father’s house so that he can be treated.

Indicated by a friend, he will end up in a house for the deaf, a kind of community where people with hearing problems help each other, including working in a school for deaf children in the neighborhood.

The head of the household is a gentleman who learned to be deaf, according to his words he recites it to be happy.

The protagonist Ruben (another wonderful work by the English actor Riz Ahmed) is still fascinated by the possibility of having surgery for his son, which gives him back his hearing, a plan diametrically opposed to the work done at the house by Joe (Paul Rasci, magnificent). Olivia Cooke and Mathieu Almaric complete the central group of actors.

SOUND OF METAL is one of those films that, at each scene, leaves a reflection for the viewer. Is there a right or wrong in a situation like the one that Rubem faces?

I really enjoyed watching SOUND OF METAL. It brings things from life that we don’t even know exist. It is a true lesson in cinema and life.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.