EXILE: Diga a Verdade e Envergonhe o Diabo.

Em determinado momento da série inglesa EXILE, um veterano jornalista diz ao filho, também jornalista: “Diga a verdade e envergonhe o Diabo.” A internet, como de hábito não consegue definir quem disse esta bela frase em primeiro lugar. De Shakespeare a um dito popular, o “Tell the truth and shame the Devil” é de autoria duvidosa. Mas é uma belíssima frase. Ainda mais para os jornalistas.

EXILE é um série brilhante em três episódios, produzida pela AbottVision em 2011. John Simm é o jornalista investigativo Tom Ronstadt (de passado tumultuado, porque saiu de sua cidade natal ao ser brutalmente agredido pelo pai) que perde o emprego em Londres (por ter dormido com a esposa do chefe) e volta para casa, onde a irmã (a extraordinária Olivia Colman pré-Oscar) cuida do pai, um veterano jornalista aposentado pela Doença de Alzheimer (Jim Broadbent, magnífico).

Além de se refugiar num ambiente conhecido e tentar reorganizar sua vida, o objetivo de Tom é descobrir o motivo pelo qual o pai lhe brutalizou anos atrás. Mas seu anarquismo faz com que logo ao chegar na pequena cidade, se envolva outra vez com uma mulher casada, a linda barwoman Mandy (a atriz escocesa Claire Goose), esposa do antigo amigo de Tom, Mike Eldridge (Shaun Dooley).

Tom e Mike passam a investigar um poderoso político local, que teria sido investigado pelo pai de Tom décadas atrás e poderia ter motivado a agressão do pai ao filho.

EXILE é magnífica em todos os aspectos. O elenco é todo brilhante. O trio central está magnífico. O roteiro aborda temas essenciais como liberdade de imprensa, corrupção, segredos de família, luto e o duro drama da velhice.

EXILE – mais uma série inglesa essencial sobre liberdade de expressão – está no BRITBOX da Amazon Prime Video.

At a certain point in the English series EXILE, a veteran journalist says to his son, also a journalist: “Tell the truth and shame the Devil.” The internet, as usual, cannot define who said this beautiful phrase in the first place. From Shakespeare to a popular saying, “Tell the truth and shame the Devil” is of dubious authorship. But it’s a beautiful phrase. Even more for journalists.

EXILE is a brilliant three-episode series, produced by AbottVision in 2011. John Simm is investigative journalist Tom Ronstadt (from a tumultuous past because he left his hometown when he was brutally beaten by his father) who loses his job in London (for sleeping with the boss’s wife) and returns home, where his sister (the extraordinary pre-Oscar Olivia Colman) takes care of her father, a veteran journalist retired from Alzheimer’s Disease (Jim Broadbent, magnificent).

In addition to taking refuge in a familiar environment and trying to reorganize his life, Tom’s goal is to find out why his father brutalized him years ago. But his anarchism means that once he arrives in the small town, he gets involved again with a married woman, the beautiful barwoman Mandy (Scottish actress Claire Goose), wife of Tom’s old friend, Mike Eldridge (Shaun Dooley).

Tom and Mike go on to investigate a powerful local politician, who would have been investigated by Tom’s father decades ago and could have motivated his father’s aggression against the son.

EXILE is magnificent in all aspects. The cast is all brilliant. The central trio is magnificent. The script addresses essential topics such as press freedom, corruption, family secrets, mourning and the harsh drama of old age.

EXILE – another essential English series about freedom of expression – is on Amazon Prime Video’s BRITBOX.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.