POR TRÁS DA INOCÊNCIA: Thriller Bem Comum

POR TRÁS DA INOCÊNCIA (DEADLY ILUSIONS), em cartaz na NETFLIX, é um thriller dirigido por Anna Elizabeth James, uma roteirista, produtora e cineasta americana. Conta a história de uma escritora de livros de suspense que contrata uma babá para seus filhos e termina, junto com o marido, enredada na sedução da recém chegada, no que pode ser o enredo do novo livro, delírios da autora ou uma realidade muito perigosa.

Kristin Davis (a Charlotte de SEX AND THE CITY) vive a escritora Mary Morrison, angustiada por sair de um bloqueio criativo, insatisfeita com a monotonia de sua vida e fascinada pela juventude e desinibição de Grace (Greer Gramer), uma jovem que vê tudo com uma naturalidade surpreendente.

O marido é feito pelo ator Dermot Mulroney (O CASAMENTO DE MEU MELHOR AMIGO), criando um personagem meio artificial meio coadjuvante demais na trama policial.

O roteiro de DEADLY ILUSIONS tem inconsistências demais. A forma como Grace entra na vida de Mary e Tom é quase simplória. As explicações finais para resolver o mistério igualmente me pareceram muito fracas.

Acho que a melhor coisa do filme é a parte em que ele deixava dúvida sobre o que era real ou apenas um devaneio da escritora em pleno processo criativo de seu novo romance. As próprias cenas eróticas (filmadas sem nudez) eram melhores dentro deste clima onírico em que podiam estar acontecendo ou não na realidade.

Quando a diretora se pôs a explicar as coisas, DEADLY ILUSIONS caiu na vala comum. Mais um thriller abaixo da média.

DEADLY ILUSIONS, playing on NETFLIX, is a thriller directed by Anna Elizabeth James, an American screenwriter, producer and filmmaker. It tells the story of a suspense book writer who hires a nanny for her children and ends up, along with her husband, entangled in the seduction of the newcomer, in what may be the plot of the new book, the author’s delusions or a very dangerous reality .

Kristin Davis (the Charlotte of SEX AND THE CITY) lives the writer Mary Morrison, anguished for coming out of a creative block, dissatisfied with the monotony of her sex life and fascinated by the youth and disinhibition of Grace (Greer Gramer), a young woman who sees everything with surprising naturalness.

The husband is made by the actor Dermot Mulroney (MY BEST FRIEND’S WEDDING), creating a character that is a little artificial and a little too supporting in the police plot.

The DEADLY ILUSIONS script has too many inconsistencies. The way Grace comes into Mary and Tom’s life is almost simplistic. The final explanations for solving the mystery also seemed very weak.

I think the best thing about the film is the part where he left doubt about what was real or just a daydream of the writer in the middle of the creative process of her new novel. The erotic scenes themselves (filmed without nudity) were better within this dreamlike climate in which they could be happening or not in reality.

When the director started to explain things, DEADLY ILUSIONS fell into the common grave. Another thriller below average.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.