MEU PAI: Anthony Hopkins Brilha em Drama de Cineasta Francês Estreante

MEU PAI, do diretor francês Florian Zeller, estreante em longa metragem (mas roteirista experiente do cinema francês) é um filme muito emocionante, melancólico e tristemente realista.

Conta a história de um ex-engenheiro com demência senil que vai perdendo contato com a realidade, confundido fatos, datas, pessoas e locais. O próprio Zeller escreveu uma peça de teatro que foi adaptada para o cinema por ele e pelo roteirista Christopher Hampton.

O ator galês Anthony Hopkins é reconhecidamente um dos melhores da atualidade. Entre tantos trabalhos brilhantes tem a antológica interpretação como Hannibal Lecter, que lhe valeu o Oscar de Melhor Ator em O SILÊNCIO DOS INOCENTES, de Jonathan Demme. É um ator fora de série.

Com ele estão a extraordinária Olivia Colman (Oscar de Melhor Atriz em A FAVORITA), Imogen Poots, Olivia Williams, Rufus Sewell, Mark Gatiss e Ayesha Darkher.

THE FATHER obteve 6 indicações ao Oscar: Ator, Atriz Coadjuvante, Roteiro, Montagem, Dsenho de Produção e Filme.

A trama envolve dois temas de uma atualidade brutal: a eterna dificuldade de conviver com a velhice e a proximidade da morte e a forma dos filhos cuidarem dos pais quando eles atingem (fato cada vez mais frequente) idades avançadas.

THE FATHER é indiscutivelmente um filme muito bem feito e importante de se ver. Duro e difícil, melancólico e muito triste. Mas muito bem realizado.

THE FATHER, by French director Florian Zeller, a newcomer to the feature film (but an experienced screenwriter for French cinema) is a very emotional, melancholy and sadly realistic film.

It tells the story of a former engineer with senile dementia who loses contact with reality, confused facts, dates, people and places. Zeller himself wrote a play that was adapted for the cinema by him and screenwriter Christopher Hampton.

Welsh actor Anthony Hopkins is recognized as one of the best today. Among so many brilliant works has the anthological interpretation as Hannibal Lecter, which won him the Oscar for Best Actor in SILENCE OF THE LAMBS, by Jonathan Demme. He’s an outstanding actor.

With him are the extraordinary Olivia Colman (Oscar for Best Actress in THE FAVOURITE), Imogen Poots, Olivia Williams, Rufus Sewell, Mark Gatiss and Ayesha Darkher.

THE FATHER obtained 6 Oscar nominations: Actor, Supporting Actress, Screenplay, Editing, Production and Film Design.

The plot involves two themes of a brutal actuality: the eternal difficulty of living with old age and the proximity of death and the way sons take care of their parents when they reach (more and more frequently) advanced ages.

THE FATHER is arguably a very well done and important film to watch. Hard and difficult, melancholy and very sad. But very well done.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.