WANDER: “Se você não é paranoico, não está prestando atenção.”

A Amazon Prime Video está mostrando o thriller WANDER, dirigido pela atriz, produtora e cineasta canadense April Mullen (diretora do escandaloso BELOW HER MOUTH), título que se insere no gênero da teoria conspiratória.

Os anos 60 e 70 – auge da Guerra Fria – geraram inúmeros filmes sobre teorias conspiratórias. Grande filmes, por sinal. Dois tem minha profunda admiração: A TRAMA, de Alan J. Pakula e A CONVERSAÇÃO, de Francis Ford Coppola. Dois filmes magníficos.

WANDER, por óbvio fica longe deste nível. Mas a história de um detetive particular traumatizado pela morte da filha pequena em um inexplicável acidente de trânsito, que é contratado por uma mãe desesperada pela misteriosa morte da filha para investigar o fato. Ele é ajudado por um radialista veterano que faz um talk show de radio na madrugada de uma cidade próxima à minúscula cidade de WANDER.

Arthur Bretnik (o ator americano Aaron Eckhart) se dispõe a examinar a morte da moça, mas sua busca é muito influenciada por sua paranoia sobre conspirações de organizações secretas que usam chips que monitoram pessoas pobres e imigrantes ilegais.

Em determinado momento do filme, nem o protagonista, nem o espectador sabem o que é verdade e o que é alucinação paranóide do protagonista, o que gera cenas oníricas e com imagens distorcidas.

Ao lado de Eckhart, o ator Tommy Lee Jones sempre é uma presença a ser destacada. Sempre vale a pena vê-lo atuar. O elenco ainda traz duas atrizes: a ascendente Katheryn Winnick (BIG SKY) e Heather Graham.

WANDER tem tudo de bom dos filmes de P.I.s enfrentando teorias conspiratórias. Mas por vezes escorrega nas armadilhas comuns aos filmes do gênero.

Amazon Prime Video is showing the thriller WANDER, directed by Canadian actress, producer and filmmaker April Mullen (director of the scandalous BELOW HER MOUTH), a film that falls within the genre of conspiracy theory.

The 60s and 70s – the height of the Cold War – generated countless films about conspiracy theories. Great movies, by the way. Two have my profound admiration: THE PARALLAX VIEW, by Alan J. Pakula and THE CONVERSATION, by Francis Ford Coppola. Two magnificent films.

WANDER, obviously is far from this level. But the story of a private detective traumatized by the death of his young daughter in an inexplicable traffic accident, who is hired by a mother desperate for her daughter’s mysterious death to investigate the fact. He is helped by a veteran radio host who does a radio talk show at dawn in a town near the tiny town of WANDER.

Arthur Bretnik (American actor Aaron Eckhart) is willing to examine the girl’s death, but his search is largely influenced by his paranoia about conspiracies by secret organizations that use chips that monitor poor people and illegal immigrants.

At a certain point in the film, neither the protagonist nor the viewer knows what is true and what is the protagonist’s paranoid hallucination, which generates dreamlike scenes with distorted images.

Along with Eckhart, actor Tommy Lee Jones is always a presence to be highlighted. It is always worth watching him perform. The cast also features two actresses: ascendant Katheryn Winnick (BIG SKY) and Heather Graham.

WANDER has all the best of P.I’s films facing conspiracy theories. But sometimes it slips into the pitfalls common to films of the genre.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.