ALLAGASH – BLOOD AND MONEY: Aventura Sangrenta

Eu gosto de Tom Berenger. Acho que ele me cativou em O REENCONTRO, de Lawrence Kasdan e me provocou revolta em PLATOON, de Oliver Stone, com o antológico Sargento Barnes.

Por isto, volta e meia me pego assistindo filmes dele cuja chance de serem bons são bem reduzidas.

ALLAGASH – BLOOD AND MONEY, de Joh Barr (seu longa de estréia depois de ser câmera de CAPOTE) se inscreve nesta lista.

Um veterano sniper, traumatizado pela morte da filha pequena, se isola numa região ultra remota do estado do Maine. Um dia encontra uma mulher morte com uma sacola cheia de dinheiro que ele logo fica sabendo que era produto de um assalto ao cassino da cidade mais próxima. Perseguido pelos capangas da morta, é obrigado a tudo para sobreviver.

Como esperado, o filme tem um roteiro fraco e exagera na sangueira (acho que o diretor achou impactante sangue sobre a neve).

Apesar de Berenger e da ótima canadense Kristen Hager (O PROCURADO e GOTHAM), o filme não decola.

Uma pena.

I like Tom Berenger. I think he captivated me in THE BIG CHILL, by Lawrence Kasdan and caused a revolt in Oliver Stone‘s PLATOON, with the anthological Sergeant Barnes.

For this reason, I occasionally find myself watching his films whose chances of being good are very small.

ALLAGASH – BLOOD AND MONEY, by John Barr (his debut feature after working as cameraman in CAPOTE) subscribes to this list.

A veteran sniper, traumatized by the death of his young daughter, isolates himself in an ultra-remote region of the state of Maine. One day he meets a dying woman with a bag full of money which he soon learns was the product of a robbery at the nearest city casino. Chased by the dead woman’s henchmen, he is forced to do anything to survive.

As expected, the film has a weak script and exaggerates in bloodshed (I think the director found bloody on the snow very cinematic).

Despite Berenger and the great Canadian Kristen Hager (THE WANTED and GOTHAM), the film does not take off.

A pity.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.