SUBMERSÃO: Um Wim Wenders Sempre Vale Muito a Pena Ver

Tem alguns cineastas que quando vejo o nome nos créditos de um filme, paro tudo e vou ver.

O Alemão Wim Wenders é um destes. Quem fez PARIS, TEXAS e ASAS DO DESEJO merece esta reverência.

Deparei na Amazon Brasil com o filme SUBMERSÃO, que Wenders dirigiu em 2017, com a oscarizada (e cada vez mais linda) atriz sueca Alicia Wikander e o inglês James McAvoy.

Uma Biomatemática (nem sabia que esta profissão existia) especializada na vida do fundo do mar e um espião inglês focado em grupos terroristas na África se encontram em uma semana de férias na deslumbrante costa da Normandia.

O envolvimento entre os dois é profundo, carnal, apaixonado e definitivo.

Ambos estão com muito medo de seus próximos passos.

Ela vai – depois de anos de busca – descer ao fundo do mar (em níveis nunca antes alcançados) a bordo de um pequeno submersível onde irá coroar suas pesquisas, mas com grande risco de vida.

Ele vai se infiltrar um uma célula terrorista na África, chefiada por dois dos mais cruéis terroristas conhecidos da Al Qaeda.

Wenders magnificamente fica todo o filme mostrando momentos idílicos do romance dos dois jovens alternando com as cenas de terror que eles vivem posteriormente, ele numa prisão e sendo torturado brutalmente e ela sob grave perigo no submersível.

Será que os dois apaixonados voltarão a se encontrar.

O título do filme SUBMERGENCE é uma engenhosa escolha de Wenders.

Um filme de Wim Wenders sempre vale muito a pena ser visto. Por mais diferente que seja dos padrões normais a que estamos acostumados. Ou justamente por isso.

There are some filmmakers that when I see the name in the credits of a film, I stop everything and go to see it.

The German Wim Wenders is one of them. Whoever made PARIS, TEXAS and WINGS OF DESIRE deserves this reverence.

I came across in Amazon Brazil with the film SUBMERGENCE, which Wenders directed in 2017, with the oscarized (and increasingly beautiful) Swedish actress Alicia Wikander and the Englishman James McAvoy.

A Biomathematician (I didn’t even know this profession existed) specializing in the life of the deep bottom of the sea and an English spy focused on terrorist groups in Africa casually meet each other in a vacation week on the stunning Normandy coast.

The involvement between the two is deep, carnal, passionate and definitive.

Both are very afraid of their next steps.

She will – after years of searching – descend to the bottom of the sea (at levels never reached before) aboard a small submersible where she will crown her research, but with great risk of life.

He will infiltrate a terrorist cell in Africa, headed by two of the most cruel terrorists known to Al Qaeda.

Wenders magnificently remains the whole film showing idyllic moments of the romance of the two young lovers alternating with the scenes of terror that they later experience, him in prison and being brutally tortured and she under grave danger in the submersible.

Will the two lovers fall back together?

The title of the movie SUBMERGENCE is an ingenious choice by Wenders.

A Wim Wenders film is always worth watching. However different it may be from the normal standards we are used to. Or exactly for this motive.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.