FIQUE COMIGO: Um Pequeno Grande Filme

Ontem vi no Belas Artes à La Carte, o delicioso filme francês FIQUE COMIGO (ASPHALT ou MACADAM STORIES), um exercício cinematográfico dirigido pelo cineasta francês Samuel Benchetrit, um roteirista, ator, produtor e músico de filmes autorais diferenciados.

ASPHALT me lembrou muito o ótimo UM CONTO CHINÊS (CHINESE TAKE-OUT), que Sebastián Borensztein fez em 2011, com Ricardo Darin. Um apiada gera toda uma história que cria personagens de um humanismo impressionante, sem perder a comicidade da situação inicial.

Em ASPHALT, vemos seis personagens solitários e desvalidos girando em torno de um prédio velho e caindo aos pedaços no arrabalde de uma cidade francesa. Eles são Jeanne Meyer (Isabelle Huppert, sempre magnífica) uma atriz em final de carreira e seu vizinho adolescente Charly (Jules Benchetrit, filho do diretor com a atriz Marie Trintignant), desenvolvendo uma relação sensível e tocante.

A dupla seguinte é Sterkovitz (Gustave Kervern, ótimo), o único morador que se recusou a pagar um elevador novo para o prédio e uma enfermeira da madrugada de um hospital próximo (Valeria Bruni Tedeschi, maravilhosa), onde ele inventa ser fotógrafo profissional para impressioná-la.

Finalmente temos a doce Madame Hamida (a premiada atriz argelina Tassadit Mandi), a mãe de um rapaz preso que trava uma inusitada relação com John McKenzie, um astronauta americano que cai do espaço em cima do prédio e que não fala uma palavra de francês ( Michael Pitt).

As três duplas vão nos trazer momentos de uma comicidade espetacular em sintonia com a dramaticidade brutal de uma vida solitária e profundamente triste e melancólica.

O diretor Benchetrit fez uma comédia dramática incrível e muito simples. As inúmeras citações ao cinema (AS PONTES DE MADISON, UM AMOR TÃO FRÁGIL) pontuam o filme para marcar um amor especial pelo cinema e pela arte em geral, mesmo em um mundo tão desolado e desolador. Cinema, música, fotografia aparecem como um lampejo lúdico em uma vida muito árida.

ASPHALT é um pequeno filme maravilhoso.

Yesterday at Belas Artes à La Carte, I saw the delicious French film ASPHALT (MACADAM STORIES), a cinematic exercise directed by French filmmaker Samuel Benchetrit, a screenwriter, actor, producer and musician of distinguished copyrighted films.

ASPHALT reminded me a lot of the great A CHINESE TAKE-OUT that Sebastián Borensztein did in 2011 with Ricardo Darin. A joke generates a whole story that creates characters of an impressive humanism, without losing the comicity of the initial situation.

In ASPHALT, we see six lonely, bereft characters spinning around an old and crumbling building on the outskirts of a French town. They are Jeanne Meyer (Isabelle Huppert, always magnificent) an actress at the end of her career and her teenage neighbor Charly (Jules Benchetrit, son of the director with actress Marie Trintignant), developing a sensitive and touching relationship.

The next pair is Sterkovitz (Gustave Kervern, great), the only resident who has refused to pay for a new elevator to the building and a late-night nurse from a nearby hospital (Valeria Bruni Tedeschi, wonderful) where he makes up to be professional photographer to impress her.

Finally we have sweet Madame Hamida (award-winning Algerian actress Tassadit Mandi), the mother of a boy in prison who has an unusual relationship with John McKenzie, an American astronaut who falls from space on top of the building and who doesn’t speak a word of French (Michael Pitt).

The three duos will bring us moments of spectacular comicity in tune with the brutal drama of a lonely, deeply sad and melancholic life.

Director Benchetrit made an amazing and very simple dramatic comedy. The countless citations to cinema (THE BRIDGES OF MADISON COUNTY, LA DENTELIERE) punctuate the film to mark a special love for cinema and art in general, even in such a desolate world. Cinema, music, photography appear as a playful glimpse into a very barren life.

ASPHALT is a wonderful little movie.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.