THE WORLD TO COME: Uma História de Amor Linda, Triste e Melancólica

THE WORLD TO COME, da cineasta norueguesa Mona Fastwold é quase uma poesia filmada. Trata-se de uma história de amor linda, triste e melancólica. O HULU traz o filme para nosso encantamento.

O casal Abigail (Katherine Waterston) e Dyer (Casey Affleck) vive em uma fazenda em algum lugar do interior da América. O casal é marcado pela perda da filha de 4 anos, por difteria. A chegada de um novo casal de vizinhos, o introspectivo Finley (Christopher Abott) e a luminosa Tallie (Vanessa Kirby) vai balançar a vida comportada e sem emoção dos quatro adultos.

A tímida Abigail, que vive a viajar nas páginas de seu diário, poesias que ninguém lê e observações lúdicas sobre um ambiente inóspito, vai se encantar pela fulgurante Tallie, que imediatamente vira seu objeto de paixão e sensualidade.

A cineasta Fastwold foi tão inspirada em seu filme que utiliza elementos visuais altamente criativos para expressar as emoções dos personagens. O tom ruivo do cabelo de Tallie, o sangue vermelho dos animais que os homes matam para comer, o cinza uniforme das paisagens nevadas, tudo agrega muito para a dramaticidade do filme.

A história de amor das duas mulheres é poética, visualmente rica e altamente emocionante.

Como Tallie e Abigail vão conseguir viver e dar curso aos seu amor e paixão? As rígidas normas religiosas vigentes terão espaço para o amor das duas?

Não há como não se impressionar com a trama de Fastwold. THE WORLD TO COME é um filme belíssimo. Vê-lo é como recitar uma cena das obras de Sheakspeare ou comprar um lindo vestido azul. Uma paixão em forma de filme.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.