BÄCKSTRÖM: Série Noir Sueca Traz Detetive Muito Original

O app do BRITBOX mostra uma série policial noir sueca muito interessante: BÄCKSTRÖM. Um detetive da Polícia de Gotemburgo, o controvertido Evert Bäckström (ótimo trabalho do ator Kjell Bergkvist) é tão arrogante que faz um popular show de TV em que se apresenta como o maior detetive do mundo. Claro que isto atrai para ele, além da notoriedade (é parado o tempo inteiro para bater fotografias com fãs) uma antipatia de colegas e superiores.

Certo dia, um menino escoteiro o procura com um achado macabro: um crânio humano que encontrou em uma pequena ilha próxima à cidade. Bäckström logo vê que ali está um crime bárbaro e mesmo com o descrédito geral vai atrás dos criminosos por trás daquele assassinato.

A trama é narrada propositadamente quase em um tom cômico, sem ser uma comédia. Mas os inusitados métodos do protagonista criam situações raras de se ver em uma série polícia, ainda mais vinda da Suécia. A certa altura, por exemplo, ele clama por reforços para sua investigação. Seu superior designa dois policias que estão machucados no pé (estão com muletas) e temporariamente fazem serviços burocráticos.

Sua dupla na investigação é a policial Anakin Carlson (a atriz sueca Agnes Lindström Bolmgren), outra personagem solitária das tramas suecas noir.

Não há cenas de crimes cheias de sangue, não há planos mirabolantes ou super vilões. O mocinho tem até uma certa batida sherlockiana ao fazer deduções que deixam fascinados (e ainda mais antipatizados) os colegas e superiores.

Está primeira temporada (a série é de 2020) tem seis episódios. Já vi dois deles e me diverti muito.

Espero que o curioso e fascinante Detetive Bäckström volta para outras aventuras.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.