ALL ABOUT EVE: Filme Clássico Origina Peça Maravilhosa no National Theater Live

Ontem matei um desejo. Fazia muito tempo que eu andava atrás da versão filmada da peça teatral ALL ABOUT EVE, que o National Theatre apresentou na Inglaterra em 2018.

ALL ABOUT EVE é um maravilhoso texto de Joseph Mankiewicz que foi levado às telas em 1950, pelo próprio autor. O filme é um clássico eterno. Ganhou 6 Oscars (Filme, diretor, roteiro, ator coadjuvante, figurino e som) dos 14 para os quais foi indicado.

Já vi A MALVADA umas 50 vezes. É um filme perfeito. O melhor retrato da mesquinhez, traição, cinismo humanos se personifica na personagem de Eve Harrington. O duelo de interpretações entre Bete Davis e Anne Baxter é primoroso. O personagem do crítico de teatro De Witt é antológico. Uma obra prima indisputável.

Dito isto, fui ver a peça. Claro que há aspectos de diferenças abissais entre filme e peça. Mas acho que a construção da trama está muito bem feita no palco. Gillian Anderson está cada vez melhor como atriz e a jovem Lily James cresce a olhos vistos.

A produção soube explorar os prodígios tecnológicos disponíveis. A cena em que Margot Channing envelhece no espelho é assustadora.

Já vi outras produções do National Theater em vídeo no seu app NATIONAL THEATRE LIVE. Para quem curte teatro de primeira linha, recomendo vivamente.

Este ALL ABOUT EVE, por exemplo, é um programa delicioso de ser ver e refletir.

Yesterday I had a desire accomplished. I had been looking for a long time for the filmed version of the play ALL ABOUT EVE, which the National Theater presented in England in 2018.

ALL ABOUT EVE is a wonderful text by Joseph Mankiewicz that was brought to the screen in 1950, by the author himself. The film is an eternal classic. It won 6 Oscars (Film, Director, Screenplay, Supporting Actor, Costume and Sound) of the 14 for which it was nominated.

I’ve seen ALL ABOU EVE like 50 times. It’s a perfect movie. The best portrayal of human pettiness, betrayal, cynicism is personified in the character of Eve Harrington. The duel of interpretations between Bete Davis and Anne Baxter is exquisite. The character of the theater critic De Witt is anthological. An indisputable masterpiece.

That said, I went to see the play. Of course, there are aspects of abysmal differences between film and play. But I think the plot construction is very well done on stage. Gillian Anderson is getting better and better as an actress and young Lily James is growing fast.

The production knew how to exploit the technological prodigies available. The scene where Margot Channing grows old in the mirror is scary.

I’ve seen other National Theatre productions on video on your NATIONAL THEATRE LIVE app. For those who enjoy first-rate theatre, I highly recommend it.

This ALL ABOUT EVE, for example, is a delightful program to watch and reflect on.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.