SUSPICION: Série da Apple TV+ Escolhe Drama em Vez de Policial

SUSPICION, série da Apple TV+ prometia uma história policial, ao narrar o sequestro do filho de uma milionária da mídia internacional.

Katherine Newman é uma magnata de um conglomerado de mídia que vê seu filho sequestrado e sob ameaça de morte a menos que ela “Diga a Verdade”(“Tell the Truth”), bordão que é imediatamente adotado nas redes sociais e pelos milhões de manifestantes no mundo inteiro.

FBI e MI-6 batem cabeça para resolver o caso. O relógio segue correndo até a hora final para salvar o menino. Os quatro suspeitos fazem uma agenda própria, supostamente para demonstrar sua inocência.

Este semana, vi o último dos 8 capítulos.

Claramente, o que seria um thriller policial enveredou por um drama sobre o poder, as corporações internacionais (sobretudo de mídia), a verdade ou a versão, as redes sociais e o poder de manipulação de grandes massas.

Uma Thurman segue impressionante. Sua Katherine é o fio condutor da série. Merecia mais minutos.

SUSPICION terminou como uma interessante (e necessária) reflexão sobre o mundo atual. Já foi bastante.

SUSPICION, Apple TV+ series promised a detective story, when narrating the kidnapping of the son of a millionaire from the international media.

Katherine Newman is a media mogul who sees her son kidnapped and under threat of death unless she “Tell the Truth”, a catchphrase that is immediately adopted on social media and by millions of protesters worldwide.

FBI and MI-6 head to head to solve the case. The clock keeps ticking until the final hour to save the boy. The four suspects make an agenda of their own, supposedly to demonstrate their innocence.

This week, I saw the last of the 8 chapters.

Clearly, what would be a crime thriller turned into a drama about power, international corporations (especially media), truth or version, social networks and the power of manipulation of large masses.

Uma Thurman remains impressive. Hers Katherine is the thread of the series. Deserved more minutes.

SUSPICION ended as an interesting (and necessary) reflection on the world today. It’s been enough.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.