AMBULANCE: Michael Bay Segue Fazendo Filmes com Testosterona Demais e Penso De Menos

O mega Produtor de Cinema Michael Bay volta e meia assume a direção dos filmes que produz. Às vezes dá certo (gosto muito de A ROCHA e ARMAGGEDON), às vezes dá muito errado (PEARL HARBOUR). E tem a franquia TRANSFORMERS onde me parece ele já fez o mesmo filme meia dúzia de vezes.

A assinatura de Michael Bay são as cenas de violência em câmera lenta, com tiroteios e explosões a granel.

AMBULANCE, seu mais recente filme, disponível em VOD na Apple TV+ e no Peacock narra a história de uma dupla de velhos amigos que participa de um roubo a banco muito mal sucedido. Um extenso e detalhado plano de fuga dá errado porque um policial de rua resolve convidar uma caixa do banco para sair, bem na hora do assalto.

Na fuga, sob perseguição policial intensa, os dois protagonistas sequestram uma ambulância onde a paramédica é um tipo de super heroína cheia de ideais e apaixonada por salvar vidas a qualquer custo. A personagem da moça é tão idealizada que há cenas que eu pensei que ela ia voar com um uniforme de super heroína.

Claro que Bay é muito competente em dotar seus filmes de uma produção caríssima. A quantidade de carros destruídos na perseguição de mais de 90 minutos à ambulância é muito impressionante.

Jake Gyllenhaal (que já viu dias melhores), Yahya Abdul-Mateen II (de AQUAMAN e BLACK MIRROR) são os dois assaltantes em fuga. A atriz mexicana Eiza González faz a paramédica Cam Thompson. A beleza da moça segura muitas das cenas pouco críveis da narrativa.

Há belas cenas de Los Angeles. Mas, bem ao estilo Michael Bay, há muita violência em cena.

AMBULANCE é um triller de ação bem produzido e pouco criativo. Um ótimo roteirista teria ajudado muito a melhorar a trama do filme.

The mega Film Producer Michael Bay every now and then takes over the direction of the films he produces. Sometimes it goes right (I really like THE ROCK and ARMAGGEDON), sometimes it goes wrong (PEARL HARBOUR). And there’s the TRANSFORMERS franchise where I think he’s done the same movie half a dozen times.

Michael Bay’s signature scenes of violence in slow motion, with gunfire and explosions in bulk.

AMBULANCE, his latest film, available on VOD on Apple TV+ and Peacock, tells the story of a pair of old friends who participate in a botched bank robbery. An extensive and detailed escape plan goes awry when a street cop decides to ask a bank teller out, just at the time of the robbery.

In the escape, under intense police pursuit, the two protagonists hijack an ambulance where the female paramedic is a kind of super heroine full of ideals and passionate about saving lives at any cost. The girl’s character is so idealized that there are scenes where I thought she was going to fly around in a superhero costume.

Of course, Bay is very competent in providing his films with an expensive production. The amount of cars destroyed in the more than 90-minute pursuit of the ambulance is very impressive.

Jake Gyllenhaal (who has seen better days), Yahya Abdul-Mateen II (from AQUAMAN and BLACK MIRROR) are the two assailants on the run. Mexican actress Eiza González plays paramedic Cam Thompson. The girl’s beauty holds many of the narrative’s unbelievable scenes.

There are beautiful scenes from Los Angeles. But, as a true Michael Bay movie, there is a lot of violence in the scene.

AMBULANCE is a well-produced and uncreative action thriller. A great screenwriter would have helped a lot to improve the plot of the film.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.