MEMORY: O Menos Ruim dos Recentes Filmes com Liam Neeson

Que a carreira do ator Liam Neeson vai de mal a pior, acho que ninguém tem dúvida.

Ele que já foi excelente em filmes maravilhosos como. A LISTA DE SCHINDLER, ROB ROY ou KINSEY, lá pelas tantas resolveu aderir aos filmes de pura ação e pouco roteiro. A quantidade de filmes e a pobreza dos roteiros somente é superada pelo número de mortos.

MEMORY, dirigido pelo veterano Martin Campbell quase conseguiu fugir deste quadro.

Um assassino profissional se revolta contra seus chefes quando recebe a encomenda de matar uma menina adolescente que está para delatar os chefões do tráfico de droga e de mulheres. Indignado ele passa a perseguir os mandantes do crime. Ocorre que ele já está sentindo fortes sinais da Doença de Alzheimer que afeta também seu irmão.

Esta nuance do frio assassino com as limitações da velhice e da doença acresce um interesse à narrativa além das mortes e tiroteios. A gente vê com interesse o drama do Hitman Alex Lewis. Como Neeson também já está mais velho, há uma certa identidade entre ator e personagem que fica bem interessante.

O elenco tem uma envelhecida Monica Bellucci, Guy Pearce, Taj Atwal, Ray Stevenson e Rebecca Calder.

Claro que chega um ponto em que a ação e as mortes assumem o protagonismo. Chega a irritar que sempre que um personagem passe em frente a uma televisão está justamente sendo dada a notícia da morte que interessa ao curso da trama. Completamente surreal.

MEMORY dá para ser visto. Mas também gera saudades do velho Liam Neeson de décadas atrás.

It is a fact that ctor Liam Neeson‘s career goes from bad to worse. I think there’s no doubt about it.

He who was once excellent in wonderful films like. SCHINDLER’S LIST, ROB ROY or KINSEY, at some point decided to adhere to pure action films and poor scripts. The number of films and the poverty of the scripts is only surpassed by the number of dead people.

MEMORY, directed by veteran Martin Campbell, almost managed to escape this picture.

A professional assassin rebels against his bosses when he receives the order to kill a teenage girl who is about to expose the drug lords. Indignant, he goes on to pursue the masterminds of the crime. It so happens that he is already feeling strong signs of Alzheimer’s Disease, which also affects his brother.

This nuance of the murderous cold man with the limitations of old age and illness adds interest to the narrative beyond the deaths and shootings. We watch the Hitman Alex Lewis drama with interest. As Neeson is also older, there is a certain identity between actor and character that is very interesting.

The cast has an aging Monica Bellucci, Guy Pearce, Taj Atwal, Ray Stevenson and Rebecca Calder.

Of course, there comes a point where action and deaths take center stage. It is irritating that whenever a character passes in front of a television, the news of death that interests the course of the plot is being given. Completely surreal.

MEMORY can be seen. But it also misses the old Liam Neeson from decades ago,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s