O JORNAL: Jornalismo Lá Como Aqui

O CONVIDADO DE HOJE DO CINEMARCO É O GRANDE JORNALISTA VIEIRA DA CUNHA.

Tem uma série ofuscada no catálogo da Netflix que vale muito a pena ser vista e revista.

É O Jornal, que surpreende já no primeiro momento por ser ambientada em uma linda cidade portuária da Croácia e trazer os mesmos dilemas vividos pela imprensa e pelos profissionais de jornalismo no Brasil.

Tem uma temporada de 12 episódios e foi produzida em 2016, mas segue atualíssima.

O realismo não é à toa; o autor, Ivica Rijeka, é jornalista que atuava em um órgão independente até ser comprado por um empresário milionário que precisa de um escudo como a boa e velha imprensa para acobertar suas ilegalidades.

Esta mesma realidade ele traz para a ficção. Novine, o jornal do título, é o único diário independente da região, tenta produzir o melhor jornalismo, mas vê a tiragem e o ritmo dos anunciantes minguarem cada vez mais.

Na dificuldade econômica, até a manutenção das rotativas é precária. É esta crise que vai facilitar a venda da publicação, um movimento que ameaçará sua tentativa de desenvolver um jornalismo sem amarras para descambar para o viés de uma publicação movida exclusivamente por interesses econômicos e políticos.

O roteiro de O Jornal estimula muito a reflexão sobre a importância do jornalismo e o papel do jornalista ao reproduzir cenas e situações características de uma redação.

De quebra, nos apresenta a Croácia com parte de seus usos e costumes, que todos desconhecemos ou sabemos quase nada.

There is an overshadowed series in the Netflix catalog that is well worth seeing and reviewing.

It’s THE PAPER, which surprises at the first moment because it is set in a beautiful port city in Croatia and brings the same dilemmas experienced by the press and journalists in Brazil.

It has a season of 12 episodes and was produced in 2016, but remains very current.

Realism is not for nothing; the author, Ivica Rijeka, is a journalist who worked for an independent body until he was bought by a millionaire businessman who needs a shield like the good old press to cover up his illegalities.

This same reality he brings to fiction. Novine, the title paper, is the only independent daily in the region, tries to produce the best journalism, but sees the circulation and the pace of advertisers dwindle.

In economic difficulties, even the maintenance of the presses is precarious. It is this crisis that will facilitate the sale of the publication, a movement that will threaten its attempt to develop journalism with no strings attached to the bias of a publication driven exclusively by economic and political interests.

The script of THE PAPER strongly stimulates reflection on the importance of journalism and the journalist’s role in reproducing scenes and situations characteristic of a newsroom.

On top of that, it introduces us to Croatia with part of its uses and customs, which we all don’t know or know almost nothing about.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s