O ANO DA FÚRIA: Filme Hispano-Argentino-Uruguaio Mostra a Ascensão da Violência

O HBO MAX está exibindo uma co-produção hispano-argentino-uruguaio intitulado O ANO DA FÚRIA, dirigido pelo cineasta madrileño Rafa Russo (AMOR EN DEFENSA PROPIA).

O roteiro do próprio Russo acerta na mosca ao focar o Uruguay entre o final dos anos 60 e os anos 70, quando o terrorismo do Grupo Tupamaro enfrentava a ascensão da Ditadura Militar, cada vez mais violenta.

O centro da narrativa são dois roteiristas de um programa de humor da TV Uruguaia – tipo os antigos programas de humor da TV Globo – divertindo os espectadores com poderosas sátiras sobre a realidade nacional da época.

Alberto Ammann e Joaquin Furriel são os dois protagonistas. Miguel Ángel Sóla é um militar torturador que mantém um relacionamento visceral com uma prostituta misteriosa. Martina Gusman, Daniel Grao, Sára Salamo, Paula Cancio, a extraordinária Maribel Verdú (Y TU MAMÁ TAMBIÉN), Daniel Freire e Stefanie Neukirch fazem um ótimo elenco.

O sentimento do espectador varia muito em EL AÑO DE LA FURIA. Vai de risadas deliciosas nos momentos de humor do programa roteirizado pelos protagonistas ao horror dos porões da ditadura.

A história dos anos de chumbo dos países da América Latina ainda irão gerar muitos filmes nos anos próximos.

Assim como no notável ARGENTINA 1985, neste mais modesto O ANO DA FÚRIA, a gente se choca com o que vivemos e vemos sem meias palavras na tela.

HBO MAX is showing a Spanish-Argentine-Uruguayan co-production entitled THE YEAR OF FURY, directed by Madrid filmmaker Rafa Russo (AMOR EN DEFENSA PROPIA).

Russo’s script hits the spot by focusing on Uruguay between the late 1960s and 1970s, when the terrorism of the Tupamaro Group faced the rise of the Military Dictatorship, which became increasingly violent.

At the center of the narrative are two writers of a comedy show on TV Uruguaya – like the old TV Globo comedy shows – amusing viewers with powerful satire on the national reality of the time.

Alberto Ammann and Joaquin Furriel are the two protagonists. Miguel Ángel Sóla is a military torturer who has a visceral relationship with a mysterious prostitute. Martina Gusman, Daniel Grao, Sára Salamo, Paula Cancio, the extraordinary Maribel Verdú (Y TU MAMÁ TAMBIÉN), Daniel Freire and Stefanie Neukirch make a great cast.

The spectator’s feeling varies greatly in EL AÑO DE LA FURIA. It ranges from delicious laughs in the humorous moments of the program scripted by the protagonists to the horror of the basements of the dictatorship.

The history of the lead years of Latin American countries will still generate many films in the coming years.

As in the remarkable ARGENTINA 1985, in this more modest THE YEAR OF FURY, we are shocked by what we live and see without mincing words on the screen.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s