O HOMEM QUE ODIAVA AS MULHERES: Filme Clássico Desvenda o Caso do Estrangulador de Boston

Albert de Salvo entrou para a história como um dos mais cruéis serial killers dos EUA. Ele confessou ser o Estrangulador de Boston, que matou 13 mulheres entre 1962 e 1964. Em 1967 confessou os crimes e foi condenado à prisão perpétua. Morreu em 1973.

O cineasta Richard Fleischer, em 1968 fez o filme THE BOSTON STRANGLER, contando a história de de Salvo e seus crimes. Como vem aí um filme sobre as jornalistas que provocaram o andamento da investigação fui ver na Amazon Prime Video o clássico de 68.

O elenco é excepcional. Toni Curtis, usualmente um ator cômico e romântico se atirou de cabeça para viver de Salvo. Seu trabalho é excelente.

Henry Fonda dispensa adjetivos. Seu John Botomly é, como sempre, impecável. O cast ainda tinha George Kennedy, Murray Hamilton, Mike Kellin, Sally Kellerman e William Hickey.

O filme tem todos os modernismos narrativos de 1968: tela dividida, música alta, closes na cenas chocantes e uma direção incrível de Fleischer, do documentário ao thriller no mesmo filme.

Até hoje permanece o mistério sobre por que aquelas mulheres abriam voluntariamente a porta para o criminoso?

Toni Curtis foi indicado ao Globo de Ouro de Melhor Ator, mas não ganhou.

Tranquilamente poderia ter sido premiado.

Albert de Salvo went down in history as one of the cruelest serial killers in the USA.

He confessed to being the Boston Strangler, who killed 13 women between 1962 and 1964.

In 1967 he confessed to the crimes and was sentenced to life in prison. He died in 1973.

Filmmaker Richard Fleischer, in 1968 made the film THE BOSTON STRANGLER, telling the story of de Salvo and his crimes.

As a new film is coming about the journalists who provoked the progress of the investigation, I went to see the 1968 classic on Amazon Prime Video.

The cast is exceptional.

Toni Curtis, usually a comic and romantic actor, threw herself headlong into Salvo. His work is excellent.

Henry Fonda needs no adjectives. His John Botomly is, as always, impeccable.

The cast still had George Kennedy, Murray Hamilton, Mike Kellin, Sally Kellerman and William Hickey.

The film has all the narrative modernisms of 1968: split screen, loud music, shocking close-ups and incredible direction by Fleischer, from documentary to thriller in the same film.

To this day, the mystery remains as to why those women voluntarily opened the door to the criminal?

Toni Curtis was nominated for a Golden Globe for Best Actor but didn’t win.

For sure could have been awarded.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s