A VERDADE EM SEGREDO: Thriller Paranóico Questiona Decisões Bélicas

A HBO MAX está mostrando o filme A VERDADE EM SEGREDO (AN ACCEPTABLE LOSS), que o diretor americano Joe Chapelle fez em 2018.

O thriller de Chapelle mostra o envolvimento como Advisor de uma professora universitária em decisões estratégicas do governo americano, a partir do convite da Secretária de Estado, depois VP e posteriormente Presidente dos Estados Unidos. Seduzida pelo poder da admirável Rachel (Jamie Lee Curtis sempre ótima de se ver) a Professora Elizabeth Lamm (Tika Stumper) ajuda na decisão de bombardear a Síria para eliminar uma possível célula terrorista.

Com o passar do tempo, ela vê que foi manipulada através de informações falsas e que as mais de 100 mortes iriam pesar em sua consciência, especialmente depois que conhece Martin (Ben Tavassoli), um aluno sírio que perdeu os pais naquele bombardeio.

O gênero do filme paranóico (Todos contra mim) tem alguns expoentes clássicos, como A TRAMA, de Alan J. Pakula ou OS TRÊS DIAS DO CONDOR, de Sidney Lumet. John Frankenheimer também deu sua contribuição ao gênero no ótimo SETE DIAS DE MAIO.

Aqui, estamos muito longe desses clássicos. Há muitas ingenuidades, simplificações e superficialidades.

AN ACCEPTABLE LOSS lida com temas importantes demais de uma forma quase simplória.

Ficou longe de seu alvo.

HBO MAX is showing the film AN ACCEPTABLE LOSS, which American director Joe Chapelle made in 2018.

Chapelle’s thriller shows the involvement as Advisor of a university professor in strategic decisions of the American government, from the invitation of the Secretary of State, then VP and later President of the United States.

Seduced by the power of the admirable Rachel (Jamie Lee Curtis always great to look at), Professor Elizabeth Lamm (Tika Stumper) helps in the decision to bomb Syria to eliminate a possible terrorist cell.

Over time, she sees that she was manipulated through false information and that the more than 100 deaths would weigh on her conscience, especially after she meets Martin (Ben Tavassoli), a Syrian student who lost his parents in that bombing.

The paranoid film genre (Everyone Against Me) has some classic exponents, such as PARALLAX VIEW, by Alan J. Pakula or THE THREE DAYS OF THE CONDOR, by Sidney Lumet. John Frankenheimer also made his contribution to the genre in the great SETE DAYS OF MAY.

Here, we are a long way from these classics.

There are many naiveties, simplifications and superficialities.

AN ACCEPTABLE LOSS deals with topics that are too important in an almost simplistic way.

It was far from its target.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s