Cate Blanchett esta fazendo 47 anos hoje. Eu acho ela tudo de bom. Excelente atriz, linda, elegante, inteligente, tem em suas entrevistas posicionamentos de uma mulher moderna, sintonizada com um mundo em mudança.

Fica muito difícil escolher os melhores trabalhos desta australiana nascida em Melbourne, porque ela parece trabalhar melhor a cada papel que aceita no cinema.

Alias, a escolha de filmes de grande categoria já é um belo sinal de seu nível diferenciado.

Para mim, os melhores trabalhos de Cate são em BLUE JASMINE (2013), de Woody Allen, onde sua Jasmine lhe deu o Oscar de Melhor atriz, O CUSTO DA CORAGEM (2003), DE JOEL SCHUMACHER, um extraordinário drama (pouco visto) sobre a jornalista irlandesa Veronica Guerin e os dois filmes ELIZABETH e ELIZABETH: A ERA DE OURO, de Shekar Kapur.

Mas não posso deixar de destacar também que Cate fez uma das melhores Lady Marion(s) do cinema em ROBIN HOOD(2010), de Ridley Scott, ganhou um Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante com uma inesquecível Katherine Hepburn em O AVIADOR(2004), de Martin Scorsese e nos encantou nos filmes da trilogia O SENHOR DOS ANEIS, de Peter Jackson, como a luminosa Galadriel.

Chega?

O que dizer do extasiante CAROL(2015), de Todd Haynes?

Pois felizmente ainda tem muito mais.

Mulher extraordinária esta Cate.

 

Cate Blanchett is 47 years old today. I think she is all the best. Great actress, beautiful, elegant, intelligent, she has in his interviews positions of a modern woman, in tune with a changing world.

It is very difficult to choose the best work of this Australian, born in Melbourne, because she seems to work better every character she accepted in the cinema.

Incidentally, the choice of large category of films already is a sign of her different level.

For me, the best jobs of Cate are in BLUE JASMINE (2013), Woody Allen, where her Jasmine gave her the Oscar for Best Actress, VERONICA GUERIN (2003), by JOEL SCHUMACHER, an extraordinary drama about the Irish journalist Veronica Guerin and the two ELIZABETH films by Shekar Kapur.

But I must also point out that Cate made one of the best Lady Marion (s) of the film in ROBIN HOOD (2010), by Ridley Scott, won an Oscar for Best Supporting Actress with an unforgettable Katherine Hepburn in The Aviator (2004), by Martin Scorsese and delighted all of us in the trilogy of films THE LORD OF THE RINGS, by Peter Jackson, as luminous Galadriel.

Enough?

What about the entrancing CAROL (2015), by Todd Haynes?

Fortunately there are still more.

Extraordinary woman, Cate.