IQALUIT: Drama Canadense Explora Paisagens e Personagens do Ártico

IQALUIT, produção canadense dirigida pelo cineasta e roteirista Benoit Pilon é um drama rasgado sobre uma mulher que vai pela primeira vez ao Ártico para ver seu marido que sofreu um grave acidente em seu local de trabalho. O filme está disponível na Amazon Prime Video.

IQALUIT é o nome da cidade onde vivia e trabalhava seu marido Gilles (o ator canadense François Papineau), um gestor de meia idade expatriado.

A protagonista é Carmen, uma mulher solitária e sofrida vivida pela atriz canadense Marie-Josée Cruze, vista em ótimos filmes como INVASÕES BÁRBARAS, O ESCAFANDRO E A BORBOLETA e MUNICH. Sua Carmen é muito mais reflexiva e contemplativa que falante, buscando as razões da grande tragédia que se abate sobre sua vida, naquele ambiente desconhecido e inóspito.

Carmen se relaciona com vários habitantes locais, entre os quais o Inuíte (membro de uma nação indígena esquimó do Ártico) subordinado de seu marido, o idoso Noah, uma espécie de patriarca de uma numerosa família. Ele é o ator Natar Ungalaaq.

O relacionamento entre os dois – em meio à paisagem linda e desolada do Ártico – é o centro do filme. A narrativa lenta, silenciosa e sofrida proporciona uma dolorosa reflexão sobre a vida dos dois personagens e os fatos que levaram ao acontecido.

IQALUIT se utiliza muito do meio ambiente do Ártico (visto em raros filmes) para estabelecer sua história e seus personagens. É um filme diferente (principalmente em ritmo narrativo e edição) onde os silêncios e olhares assumem o papel de diálogos que são extremamente raros em IQALUIT.

IQALUIT, a Canadian production directed by filmmaker and screenwriter Benoit Pilon is a drama about a woman who goes to the Arctic for the first time to see her husband who suffered a serious accident at his workplace. The film is available on Amazon Prime Video.

IQALUIT is the name of the city where her husband Gilles (Canadian actor François Papineau) lived and worked, an expatriate middle-aged manager.

The protagonist is Carmen, a lonely and suffering woman lived by Canadian actress Marie-Josée Cruze, seen in great films such as BARBARIAN INVASIONS, L’ÉSCAPHANDRE ET LE PAPILLION and MUNICH. Her Carmen is much more reflective and contemplative than talkative, looking for the reasons for the great tragedy that has befallen her life, in that unknown and inhospitable environment.

Carmen has relationships with several local inhabitants, including the Inuit (a member of an Eskimo Arctic nation) who is subordinate to her husband, elderly Noah, a sort of patriarch of a large family. He is the actor Natar Ungalaaq.

The relationship between the two – amidst the beautiful and desolate Arctic landscape – is at the center of the film. The slow, silent and painful narrative provides a painful reflection on the lives of the two characters and the facts that led to what happened.

IQALUIT uses a lot of the Arctic environment (seen in rare films) to establish its history and characters. It is a different film (mainly in narrative rhythm and editing) where silences and looks take on the role of dialogues that are extremely rare in IQALUIT.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.