CAPITÃO BLOOD: Aventura de Pirata Nota Dez

Filmes de pirata são uma divisão do cinema de aventuras, que teve seu apogeu nas décadas de 30, 40 e 50. Depois, os piratas caíram em segundo plano e os filmes rarearam. Atualmente, há apenas a franquia PIRATAS DO CARIBE, cômica, com Johnny Depp, como Capitão Jack Sparrow. O maior clássico do cinema com histórias de piratas é CAPITÃO BLOOD, de Michael Curtiz, feito em 1935, estrelando Errol Flynn, Olivia de Havilland e Basil Rathbone.

O jovem estudante de medicina Peter Blood é chamado para atender uma pessoa ferida em um ato contra o Governo de Sua Majestade. Ele é preso e deportado para as colônias, onde é vendido como escravo. Quem compra o jovem escravo é a sobrinha de um rico fazendeiro escravagista. Blood passa a tratar com médico os ataques de gota do Governador local, mas segue raivoso e preparando uma fuga. A oportunidade acontece quando um navio espanhol ataca a Jamaica, o que possibilita Blood e os outros escravos ingleses exilados, tomarem o navio e fugirem. Eles se tornam piratas e Peter Blood o Capitão Blood.

Típico filme de aventuras, CAPITÃO BLOOD tem abordagens de barcos comerciais, cenas de bebedeiras em tabernas escuras e esfumaçadas, duelos de espada e a redenção do herói, quando ele larga tudo para defender sua pátria ameaçada.

Errol Flynn era o protótipo do ator de filmes de aventuras. Alto (1,83m, atlético e galante) viu sua carreira decolar justamente com estes personagens aventureiros. Mais tarde, envolvido com álcool, teve um final de carreira meio deprimente, morrendo de um ataque cardíaco aos 50 anos. Olivia de Havilland era a mocinha perfeita. linda, expressiva, ótima atriz, pontificou também (com Flynn) em AS AVENTURAS DE ROBIN HOOD e no clássico eterno E O VENTO LEVOU. Basil Rathbone como o pirata Levasseur é o vilão ideal. A luta entre Blood e Levasseur é antológica.

CAPITÃO BLOOD é um ótimo filme de aventuras. Dos melhores já feitos. Serve também para os mais jovens verem como eram feitos os exitosos filmes de piratas.

Pirate films are a division of adventure cinema, which reached its peak in the 30s, 40s and 50s. Then, pirates fell into the background and the films became scarce. Nowadays, there is only the PIRATES OF THE CARIBEAN franchise, comical, with johnny Depp as Captains Jack Sparrow. The greatest classic in cinema with pirate stories is CAPTAIN BLOOD, by Michael Curtiz, made in 1935, starring Errol Flynn, Olivia de Havilland and Basil Rathbone.

The young medical student Peter Blood is called to assist a person injured in an act against His Majesty’s Government. He is arrested and deported to the colonies, where he is sold as a slave. Whoever buys the young slave is the niece of a wealthy slave farmer. Blood proceeds to treat the local Governor’s gout attacks as a doctor, but remains angry and preparing for an escape. The opportunity comes when a Spanish ship attacks Jamaica, which allows Blood and the other English exiled slaves to take the ship and escape. They become pirates and Peter Blood, the Captain Blood.

Typical adventure film, CAPTAIN BLOOD has invasions of commercial boats, scenes of drinking in dark and smoky taverns, sword duels and the hero’s redemption, when he drops everything to defend his threatened homeland.

Errol Flynn was the prototype of the adventure film actor. Tall (1.83m, athletic and gallant) he saw his career take off precisely with these adventurous characters. Later, involved in alcohol, he had a somewhat depressing career ending, dying of a heart attack at age 50. Olivia de Havilland was the perfect girl. Beautiful, expressive, great actress, also pontificated (with Flynn) in THE ADVENTURES OF ROBIN HOOD and in the eternal classic GONE WITH THE WIND. Basil Rathbone as the pirate Levasseur is the ideal villain. The fight between Blood and Levasseur is anthological.

CAPTAIN BLOOD is a great adventure movie. One of the best ever made. It also serves for the youngest to see how successful pirate films were made.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.