O FUGITIVO 2020: QUIBI Traz História Clássica do Homem Errado com Modernizações

O FUGITIVO vai voltar a correr. O streaming do QUIBI lança no início de agosto a série O FUGITIVO, versão 2020. Na década de 60, o Dr. Richard Kimble volta para a casa depois de uma jornada exaustiva. Na entrada, ele cruza por um homem misterioso com um braço só. Quando entra em casa, encontra sua esposa brutalmente assassinada. Preso pela Polícia e condenado injustamente, ele foge e passa a correr atrás do real assassino, única forma de provar sua inocência. O ator David Janssen ficou famoso pelo papel do médico em fuga permanente, perseguido ferozmente pelo Inspetor Gerard (Barry Morse), numa espécie de duelo Jean Valjean versus Inspetor Javert do clássico OS MISERÁVEIS, de Victor Hugo. A série marcou época.

Em 1993, o diretor Andrew Davis fez um longa metragem intitulado O FUGITIVO, trazendo de volta as desventuras do Dr. Richard Kimble (agora o super astro Harrison Ford) lutando para provar sua inocência ao Inspetor Samuel Gerard (ótimo trabalho de Tommy Lee Jones). A assassinada Mrs. Kimble foi Sela Ward e o homem de um braço só era Andreas Katsulas. Ainda tinha uma ponta de Julianne Moore, mais Joe Pantoliano e Jeroen Krabbe.

Agora o QUIBI faz uma série original também chamada O FUGITIVO. Na versão 2020, Kiefer Sutherland (o eterno Jack Bauer de 24 HORAS) faz o Agente Clay Brice que vive atrás do jovem Mike Ferro (o jovem Boyd Holbrok), acusado de terrorismo, em meio a uma sociedade em pânico, que se dissemina via redes sociais.

A história original (e suas sequelas) abordam temas pungentes e clássicos dos thrillers: o homem errado, erros judiciais, a violência da polícia das grandes cidades e a sensação de injustiça a torturar o acusado erradamente.

Estou muito ansioso para ver O FUGITIVO do QUIBI. Acho que estas atualizações (redes sociais, terrorismo, paranoia social) vão ser muito bem vindas.

The FUGITIVE will run again. QUIBI streaming service launches in early August the series THE FUGITIVE, version 2020. In the 1960s, Dr. Richard Kimble returns home after an exhausting journey. At the entrance, he crosses a mysterious man with only one arm. When he enters the house, he finds his wife brutally murdered. Arrested by the police and unjustly convicted, he flees and starts running after the real killer, the only way to prove his innocence. The actor David Janssen was famous for the role of the doctor on the run, chased fiercely by Inspector Gerard (Barry Morse), in a sort of duel Jean Valjean versus Inspector Javert of the classic LES MISERABLES, by Victor Hugo. The series marked an epoch.

In 1993, director Andrew Davis made a feature film entitled THE FUGITIVE, bringing back the misfortunes of Dr. Richard Kimble (now superstar Harrison Ford) struggling to prove his innocence to Inspector Samuel Gerard (great job by Tommy Lee Jones). The murdered Mrs. Kimble was Sela Ward and the one-armed man was Andreas Katsulas. There was still a cameo from Julianne Moore, plus Joe Pantoliano and Jeroen Krabbe.

Now QUIBI makes an original series also called THE FUGITIVE. In the 2020 version, Kiefer Sutherland (the eternal 24 Jack Bauer) plays Agent Clay Brice, who lives behind young Mike Ferro, (the newcommer Boyd Holbrok) accused of terrorism, in the midst of a panicked society that spreads via social networks.

The original story (and its sequels) touches on poignant and classic themes from thrillers: the wrong man, judicial errors, the violence of the police in big cities and the sense of unfairness to torture the wrongly accused.

I am very much looking forward to seeing THE QUIBI FUGITIVE. I think that these updates (social networks, terrorism, social paranoia) will be very welcome.

Anúncios

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.