ENCONTRANDO FORRESTER: Filme com Sean Connery Vai Virar Série da NBC

No ano 2000, o recém falecido ator escocês Sean Connery atuou em um filme muito interessante do diretor americano Gus van Sant, intitulado ENCONTRANDO FORRESTER. Connery fazia um professor e escritor recluso, chamado William Forrester que inadvertidamente vira mentor de um estudante negro (Rob Brown em grande trabalho) que oscila entre sua paixão por basquete , a atração pela arte de escrever e sua timidez e dificuldade de relacionamento na escola top que frequenta com uma bolsa de estudos que ganhou por pontuar de forma excepcional nos exames.

O elenco ainda tem o sempre ótimo F. Murray Abraham (o extraordinário Salieri de AMADEUS), Anna Paquin, Michael Nouri, Richard Easton e Busta Rhymes.

Os filmes de Gus van Sant são sempre diferentes. Seu cinema é provocativo, minimalista e percorre caminhos diferentes das tendências da maioria. Aqui, outra vez criou um poema sobre a amizade, a arte de ensinar e o permanente processo de aprendizado na vida, criando personagens, situações e diálogos emocionantes.

Li ontem que a NBC está desenvolvendo uma série de TV com base em FINDING FORRESTER. Um jovem estudante órfão estabelece uma relação de amizade com um escritor recluso. Pela notícia, o escritor e seu pupilo serão negros. Me parece que altera um dos pontos centrais do filme de Van Sant.

Vamos aguardar a série, já com muita saudade do FINDING FORRESTER de Sean Connery, um clássico moderno.

In 2000, the recently deceased Scottish actor Sean Connery starred in a very interesting film by American director Gus van Sant, entitled FINDING FORRESTER. Connery played a reclusive teacher and writer named William Forrester who inadvertently mentors a black student (Rob Brown at great work) who oscillates between his passion for basketball, his attraction to the art of writing and his shyness and relationship difficulties at the top school who attends a scholarship that he won for scoring exceptionally well on exams.

The cast still has the always great F. Murray Abraham (the extraordinary Salieri from AMADEUS), Anna Paquin, Michael Nouri, Richard Easton and Busta Rhymes.

Gus van Sant‘s films are always different. His cinema is provocative, minimalist and takes different paths from the trends of the majority. Here, again he created a poem about friendship, the art of teaching and the permanent learning process in life, creating characters, situations and exciting dialogues.

I read yesterday that NBC is developing a TV series based on FINDING FORRESTER. A young orphaned student establishes a friendship with a reclusive writer. According to the news, the writer and his pupil will be black people. It seems to me that it alters one of the central points of Van Sant’s film.

Let’s look forward to the series, already missing Sean Connery‘s FINDING FORRESTER, a modern classic.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.