BABENCO: ALGUÉM TEM QUE OUVIR O CORAÇÃO E DIZER PAROU – Documentário Homenagem a um Grande Cineasta

BABENCO: ALGUÉM TEM QUE OUVIR O CORAÇÃO E DIZER: PAROU, documentário de Barbara Paz sobre os dias finais da vida de seu marido, o extraordinário cineasta Hector Babenco merece muito a indicação como filme brasileiro que vai concorrer ao oscar de Melhor Filme Estrangeiro.

Trata-se de um documentário precioso e emocionante sobre um apaixonado pela vida e pelo cinema.

Rever pequenos trechos de LÚCIO FLÁVIO, O PASSAGEIRO DA AGONIA, PIXOTE, CARANDIRU, O BEIJO DA MULHER ARANHA, IRONWEED e BRINCANDO NOS CAMPOS DO SENHOR se presta como uma triste homenagem a um cineasta ultra talentoso.

Até nas cenas em que ensina Barbara a filmar, Babenco expressa seu carinho pelo cinema, sua forma maior de expressão.

Claro que é um filme triste e, por vezes, difícil de se assistir, pelo realismo que mostra cenas de um Babenco doente e sabedor que vai morrer.

Mas é também um filme necessário. Devemos muito a Babenco. Ele merece esta grande homenagem.

BABENCO, documentary by Barbara Paz on the final days of her husband’s life, the extraordinary filmmaker Hector Babenco deserves a lot of nomination as a Brazilian film that will compete for the Oscar for Best Film Foreigner.

This is a precious and exciting documentary about a lover of life and cinema.

Reviewing short excerpts from LÚCIO FLÁVIO, PIXOTE, CARANDIRU, THE KISS OF THE SPIDER WOMAN, IRONWEED and PLAYING IN THE FIELDS OF THE LORD, the movie pays a sad tribute to an ultra talented filmmaker.

Even in the scenes in which she teaches Barbara to film, Babenco expresses his affection for cinema, his greatest form of expression.

Of course it is a sad film and sometimes difficult to watch, due to the realism that shows scenes of a Babenco very sick and knowing that he is going to die.

But it is also a necessary film. We owe a lot to Babenco. He deserves this great tribute.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.