OLHO POR OLHO: Thriller Sobre Vingança Cai no Lugar Comum

Já escrevi aqui que um tipo de filme muito difícil de fazer é o do vigilante, aquela pessoa (homem ou mulher) que toma a justiça em suas próprias mãos, usualmente depois de sofrer uma perda ou agressão muito traumáticas.

Há inúmeros exemplares e raros que conseguem ser bem feitos e enfrentar a armadilha de glorificar a violência como solução de alguma coisa.

OLHO POR OLHO, que o cineasta Dan Reed fez em 2007, é um dos mais fracos.

Uma executiva de sucesso se envolve com o especialista de internet que está fazendo um serviço em sua casa e o leva para uma festa da empresa. Embriagados, os dois têm uma briga de trânsito com um grupo de homens grosseiros o que termina resultando em um estupro e muita violência contra o rapaz.

Eles decidem se vingar a base do tiro de fuzil.

Tudo é muito fraco no filme, com um roteiro meio sem nexo.

Apenas a beleza de Gillian Anderson se sobressai. É pouco para salvar um filme bem ruim.

I have already written here that a type of film that is very difficult to make is that of the vigilante, that person (man or woman) who takes justice into their own hands, usually after suffering a very traumatic loss or aggression.

There are countless and rare specimens that manage to be well done and face the trap of glorifying violence as a solution to something.

STRAIGHTHEADS, which filmmaker Dan Reed did in 2007, is one of the weakest.

A successful executive gets involved with the internet specialist who is doing a service at her home and takes him to a company party. Drunk, the two have a traffic fight with a group of rude men which ends up resulting in rape and a lot of violence against the boy.

They decide to take revenge on the basis of the rifle shot.

Everything is very weak in the film, with a somewhat nonsensical script.

Only Gillian Anderson‘s beauty stands out. It’s not enough to save a really bad movie.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.