OXIGÊNIO: Original Mas Imperfeito

A NETFLIX colocou no ar o filme OXIGÊNIO (OXYGEN), do cineasta francês Alejandro Aja. Uma cientista acorda em uma cápsula criogênica sem saber porque está ali, quem ela é e porque foi acordada.

Para piorar a situação, o computador central informa que a reserva de oxigênio está caindo e breve ela vai ficar sem ar.

A mulher (Melanie Laurent, sempre linda e talentosa) estabelece uma luta com a máquina para tentar entender o que houve, como foi parar ali e como se salvar.

É um filme para lá de original. Mesclando ficção científica e drama, Aja consegue segurar o espectador, ansioso por saber o final da trama.

Achei a solução final aquém do que o filme prometia. Podia se ter imaginado um final mais criativo.

NETFLIX aired the film OXYGEN, by French filmmaker Alejandro Aja. A scientist wakes up in a cryogenic capsule without knowing why she is there, who she is and why she was awake.

To make matters worse, the central computer reports that the oxygen supply is falling and soon she will run out of air.

The woman (Melanie Laurent, always beautiful and talented) establishes a struggle with the machine to try to understand what happened, how she got there and how to save herself.

It is a film beyond original. Mixing science fiction and drama, Aja manages to hold the viewer, eager to know the end of the plot.

I found the final solution to fall short of what the film promised. A more creative ending could have been imagined.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.