VOCÊ ESTÁ ME MATANDO, SUZANA: Comédia Dramática Mexicana Diverte Pelo Charme do Duo Central

A Amazon Prime Video Brasil exibe VOCÊ ESTÁ ME MATANDO, SUZANA, uma produção mexicana dirigida pelo cineasta Roberto Sneider (SHAMELESS). Um jovem mexicano acorda certo dia e vê que sua namorada – com quem divide o apartamento – foi embora sem avisar. Depois de uma pequena busca, localiza que ela está matriculada em um curso de literatura na Universidade de Ohio, nos Estados Unidos. Pega algumas coisas e vai atrás de seu amor perdido.

Os encontros de Eligio (Gael Garcia Bernal sempre ótimo) e a Suzana (a linda atriz espanhola Verónica Echegui) são muito divertidos. A discussão da relação permanente entre eles é feita de maneira muito leve e engraçada. Há momento, é verdade, em que a ameaça do uso de violência parece indicar um viés machista no protagonista, o que, na minha opinião, cai mais na sátira ao estereótipo do mexicano machista que numa faceta real do personagem.

Suzana está vivendo em outro mundo. Deixou o amor dos dois para trás. Estuda literatura em alto nível, namora um estudante polonês de poucas palavras mas um amante extraordinário. Discute filosofia e os destinos do mundo e não mais os melhores tacos e quão gelada está a cerveja.

Mas o sentimento entre eles segue muito forte e, por vezes, se sobressai sobre todo o mais.

Como comédia dramática, YOU ARE KILLING ME SUZANA é um filme arejado, bonito e emotivo. Certamente poderia aprofundar as questões que aborda. Não foi a opção de Sneider que optou por um estilo de crônica (mais leve) sobre um amor a ponto de se perder. Foi bem.

Amazon Prime Video Brazil showcases YOU ARE KILLING ME, SUZANA, a Mexican production directed by filmmaker Roberto Sneider (SHAMELESS). A young Mexican man wakes up one day and sees that his girlfriend – with whom he shares an apartment – has left without warning. After a short search, he finds that she is enrolled in a literature course at Ohio University in the United States. She picks up a few things and goes after her lost love.

The meetings between Eligio (Gael Garcia Bernal always great) and Suzana (the beautiful Spanish actress Verónica Echegui) are a lot of fun. The permanent relationship argument between them is made in a very light and funny way. There are times, it is true, when the threat of the use of violence seems to indicate a macho bias in the protagonist, which, in my opinion, falls more into a satire of the sexist Mexican stereotype than into a real facet of the character.

Suzana is living in another world. She left their love behind. She studies literature at a high level, dates a Polish student of few words but an extraordinary lover. She discusses philosophy and the destinations of the world rather than the best tacos and how cold the beer is.

But the feeling between them is still very strong and sometimes it overwhelms everything else.

As a comedy drama, YOU ARE KILLING ME SUZANA is an airy, beautiful and emotional film. It could certainly go deeper into the issues it addresses. It was not the option of Sneider who opted for a chronicle style (lighter) about a love that was about to be lost. It went well.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.