O HOMEM DAS CASTANHAS: Série Policial Dinamarquesa na NETFLIX

O movimento do NORDIC NOIR ganha outro exemplar de sucesso com a série policial O HOMEM DAS CASTANHAS, feito na Dinamarca, em exibição na NETFLIX.

Uma série de assassinatos brutais (as vítimas aparecem com partes do corpo decepadas) passa a ser a principal investigação da Polícia de Kopenhagen, principalmente quando a filha da Primeira Ministra desaparece misteriosamente.

Terá relação com as mortes? Por que o serial killer deixa pequenos bonecos feitos de castanhas próximo dos corpos?

O elenco tem como protagonistas duas mulheres: Danica Curcic (como a policial Naia Thulin) e Iben Dorner (como a Ministra Rosa Hartung). Com elas estão Esben Dalgaard Anderson, David Dencik e Mikel Boe Folsgaard.

O roteiro usa e abusa de cenas que já vimos. A revelação “surpreendente” do vilão que ninguém imaginava, a origem dos crimes em fatos da infância descobertos em pesquisas na história de orfanatos, incêndios que deixaram mais do que destruição e outras do gênero.

Mas surpreendentemente THE CHESTNUT MAN consegue prender a atenção sem muito esforço. Acho que o fato de serem “apenas” seis capítulos ajuda muito.

As paisagens de Kopenhagen (belíssimas) e seus arredores é outro atrativo importante.

O HOME DAS CASTANHAS é um ótimo produto policial nórdico. Mais um.

The NORDIC NOIR movement gains another successful copy with the police series THE CHESTNUT MAN, made in Denmark, on exhibition at NETFLIX.

A series of brutal murders (victims appear with severed body parts) becomes the main investigation by the Kopenhagen Police, especially when the Prime Minister’s daughter mysteriously disappears.

Is it related to the deaths? Why does the serial killer leave little dolls made of chestnuts next to the bodies?

The cast has two women as protagonists: Danica Curcic (as police officer Naia Thulin) and Iben Dorner (as Minister Rosa Hartung). With them are Esben Dalgaard Anderson, David Dencik and Mikel Boe Folsgaard.

The script uses and abuses scenes we’ve already seen. The “surprising” revelation of the villain that no one imagined, the origin of crimes in childhood facts discovered in research in the history of orphanages, fires that left more than destruction and the like.

But surprisingly THE CHESTNUT MAN manages to hold attention without much effort. I think the fact that there are “only” six chapters helps a lot.

The (beautiful) landscapes of Kopenhagen and its surroundings is another important attraction.

THE CHESTNUT MAN is a great Nordic police product. One more.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.