MISTÉRIO NA COSTA CHANEL: Excelente Filme Sobre o Non Sense dos Ricos

A plataforma FILME FILME (que tem ótimo cinema europeu à disposição), mostra a produção franco-germânico-belga MISTÉRIO NA COSTA CHANEL (SLACK BAY), dirigida pelo cineasta francês Bruno Dumont, e estrelada pela excelente dupla Juliette Binoche e Fabrice Luchini.

No início do século XX, uma família rica vai passar férias em sua casa no Pas de Calais, mas se depara com o misterioso desaparecimento de pessoas no local. A Polícia é chamada para resolver o mistério. Enquanto isto, Ma Loute, o filho de pescadores do local se envolve com a rica herdeira dos Van Pethegems, Billie, um romance impensável.

Tanto o roteiro de Dumont como sua inspiradíssima direção focam a loucura dos muitos ricos e seu exibicionismo sem limites. Tudo é artificial no mundo da Família Van Pethegem.

Ajudam muito os desempenhos espetaculares de Fabrice Luchini (cada vez melhor), como o Conde Andre Van Peteghem, cheio de mesuras e com sua linguagem quase incompreensível para as pessoas. Juliette Binoche faz Aude Van Peteghem, outro personagem impagável. E Valeria Bruni Tedeschi vive a esposa do Conde, Isabelle Van Peteghem. Ainda há a linda (e improvável paixão) entre Billie Van Peteghem (Raph) e o ótimo Ma Loute (Brandon LaVieville).

O filme utiliza o realismo fantástico para escrachar ainda mais a loucura do modo de vida dos Van Peteghem. A dupla de policiais a cargo da investigação é firmada pelo Inspetor Alfred Machin (Didier Deprés) e o Detetive Malfoy (Cyril Rigaux), uma engraçada retomada dos policial Dupont e Dumont dos quadrinhos de Tintim, by Hergé.

O filme mereceu 7 indicações ao César, uma nominação à Palma de Ouro em Cannes (ganhou melhor trilha sonora) e dois prêmios, inclusive melhor filme, no Festival de Sevilha.

O olhar crítico do filme sobre a vida vazia dos ricos, seu exibicionismo sem sentido e os momentos fantásticos (quase felinnianos) do filme forma um quadro excelente de se ver.

SLACK BAY (MA LOUTE) é um excelente filme.

The FILME FILME platform (which has great European cinema at its disposal) shows the French-German-Belgian production SLACK BAY, directed by French filmmaker Bruno Dumont, and starring the excellent duo Juliette Binoche and Fabrice Luchini.

At the beginning of the 20th century, a wealthy family goes on vacation at their home in the Pas de Calais, but is faced with the mysterious disappearance of several people. Police are called in to solve the mystery. Meanwhile, Ma Loute, the son of local fishermen gets involved with wealthy Van Pethegems heiress Billie, an unthinkable romance.

Both Dumont’s script and his highly inspired direction focus on the madness of the rich and their boundless exhibitionism. Everything is artificial in the world of the Van Pethegem Family.

The spectacular performances of Fabrice Luchini (better and better), such as Count Andre Van Peteghem, full of bows and his language almost incomprehensible to people, help a lot. Juliette Binoche plays Aude Van Peteghem, another priceless character. And Valeria Bruni Tedeschi lives the Count’s wife, Isabelle Van Peteghem. There’s still the beautiful (and unlikely) crush between Billie Van Peteghem (Raph) and the great Ma Loute (Brandon LaVieville).

The film uses fantastical realism to further deny the madness of the Van Peteghem way of life. The pair of police officers in charge of the investigation is signed by Inspector Alfred Machin (Didier Deprés) and Detective Malfoy (Cyril Rigaux), a funny retake of police officers Dupont and Dumont from the Tintin comics, by Hergé.

The film earned 7 César nominations, a Palme d’Or nomination at Cannes (it won best soundtrack) and two awards, including best film, at the Seville Film Festival.

The film’s critical eye on the empty lives of the rich, its meaningless exhibitionism, and the film’s fantastical (almost felinnian) moments make for an excellent picture to behold.

SLACK BAY (MA LOUTE) is an excellent movie.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.