Marion Crane em Porto Alegre

A excelente coluna ALMANAQUE GAÚCHO, que o jornalista Ricardo “Cadão” Chaves publica diariamente em Zero Hora, hoje traz uma história de cinema.

Em 1961, o filme TARAS BULBA – do cineasta J.Lee Thompson – estava sendo filmado na Argentina. Um de seus astros, o galã Tony Curtis na vinda para as locações do filme, trouxe sua esposa Janet Leigh e ambos fizeram uma escala do vôo em Porto Alegre.

O momento histórico em que, Marion Crane, a moça do chuveiro no clássico PSICOSE, de Alfred Hitchcock esperava no Aeroporto Salgado Filho foi eternizada pelo jornalista Joseph Zukauskas, que inclusive a entrevistou.

Vi TARAS BULBA várias vezes. A luta entre cossacos ucranianos e guerreiros poloneses na Ucrânia rendeu um bom filme de aventura.

The excellent column ALMANAQUE GAÚCHO, which journalist Ricardo “Cadão” Chaves publishes daily in Zero Hora, today brings a film story.

In 1961, the film TARAS BULBA – by filmmaker J.Lee Thompson – was being filmed in Argentina. One of his stars, the heartthrob Tony Curtis in coming to the film’s locations, brought his wife Janet Leigh and both made a stopover on the flight in Porto Alegre.

The historic moment when Marion Crane, the girl in the shower in the classic PSYCHO, by Alfred Hitchcock, waited at Salgado Filho Airport was immortalized by journalist Joseph Zukauskas, who even interviewed her.

I saw TARAS BULBA several times. The fight between Ukrainian Cossacks and Polish warriors in Ukraine made for a good adventure movie.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.