HOMBRE MIRANDO AL SUDESTE: Amazon Prime Video Tem Obra Prima de Eliseo Subiela

Vasculhando os filmes “escondidos” na Amazon Prime Video, me deparei com o extraordinário HOMBRE MIRANDO AL SUDESTE (1986), do cineasta argentino Eliseo Subiela. E ainda se anunciava que era uma cópia restaurada em 4K do filme original de Subiela.

Muitos anos atrás, em uma mostra de cinema argentino do Clube de Cinema, entramos no Auditório Dante Barone, da Assembléia Legislativa para ver este filme que vinha recomendado do exterior. Tinha ganho 9 prêmios da Associação argentina de Críticos, tinha sido indicado ao Goya de Melhor Filme e tinha dado dois prêmios no Festival de San Sebastian a Subiela e ao filme.

Naquela época, minha paixão pelo cinema argentino já estava estabelecida em definitivo. UN INFIERNO TAN TEMIDO (1980), de Raul de La Torre, A HISTÓRIA OFICIAL (1985), de Luis Puenzo e DARSE CUENTA (1984), de Alejandro Doria já se tinham encarregado de conquistar.

Mas aquela noite, o cinema de Eliseo Subiela calou fundo em mim. Lembro de ter chorado muito durante o filme e, depois, de sair do auditório quase eufórico pelo maravilhoso filme que tínhamos visto.

Nesta noite, o filme – que não revia há anos – me pareceu tão maravilhoso quanto da primeira vez.

Um médico de um manicômio de Buenos Aires recebe um paciente que afirma ser um extraterrestre. Rantes (Hugo Soto, em trabalho memorável) vai desafiar o Dr. Julio Denis (Lorenzo Quinteros) com sua inteligência, sua lógica e sua disciplina, que reafirmam a convicção do interno na história que narra.

O roteiro – escrito pelo próprio Subiela – tem pérolas que o tempo não abalou.

“Posso afirmar que nossos cérebros são idênticos”, afirma o médico ao paciente. “Então porque o senhor usa o jaleco de médico e eu a roupa de louco?”

“Há uma arma da humanidade que nos assusta. A estupidez. Como viver em meio a tantas pessoas passando necessidades e fazer que não as vê?”

“Há torturadores que amam Beethoven e vão à missa. Isso não os torna mais humanos.”

Há inúmeras cenas maravilhosas no filme. A produção modesta foi amplamente superada pela excelência do filme e das pessoas que nele trabalharam.

Não há como deixar de citar a cena do concerto no parque que o médico leva o paciente e termina de forma inesperada. Uma verdadeira poesia.

Todo mundo devia ver HOMBRE MIRANDO AL SUDESTE. O humanismo do filme de Subiela faz muito bem a quem o vê.

Tomara que esta cópia nova, no Amazon Prime Video, oportunize que mais pessoas vejam mais esta obra prima do Cinema Argentino.

Lookin for “hidden” films on Amazon Prime Video, I came across the extraordinary HOMBRE MIRANDO AL SUDESTE (1986), by Argentine filmmaker Eliseo Subiela. And it was even advertised as a restored 4K copy of Subiela’s original film.

Many years ago, at an Argentine cinema exhibition held by the Cinema Club, we entered the Dante Barone Auditorium of the Legislative Assembly to see this film that had been recommended from abroad. It had won 9 awards from the Argentine Critics Association, had been nominated for the Goya for Best Film and had given two prizes at the San Sebastian Festival to Subiela and the film.

At that time, my passion for Argentine cinema was already definitively established. UN INFIERNO TAN TEMIDO (1980), by Raul de La Torre, THE OFFICAL STORY (1985), by Luis Puenzo and DARSE CUENTA (1984), by Alejandro Doria had already been in charge of conquering my heart and mind.

But that night, Eliseo Subiela‘s incredible cinema struck a chord with me. I remember crying a lot during the movie and then leaving the auditorium almost euphoric for the wonderful movie we had seen.

Tonight, the film – which I hadn’t seen in years – felt as wonderful as the first time.

A doctor at a Buenos Aires asylum receives a patient who claims to be an extraterrestrial. Rantes (Hugo Soto, in memorable work) will challenge Dr. Julio Denis (Lorenzo Quinteros) with his intelligence, his logic and his discipline, which reaffirm the conviction of the inmate in the story he narrates.

The script – written by Subiela himself – has pearls that time has not shaken.

“I can say that our brains are identical,” the doctor tells the patient. “Then why do you wear the doctor’s coat and I wear the crazy clothes?”

“There is a weapon of humanity that frightens us. Stupidity. How to live in the midst of so many people in need and not see them?”

“There are torturers who love Beethoven and go to mass. That doesn’t make them more human.”

There are countless wonderful scenes in the movie. The modest production was largely surpassed by the excellence of the film and the people who worked on it.

It is impossible not to mention the scene of the concert in the park where the doctor takes the patient and ends unexpectedly. A real poetry.

Everyone should see MAN FACING SOUTHEAST. The humanism of Subiela’s film is very good for those who see it.

I hope that this new copy, on Amazon Prime Video, will allow more people to see this masterpiece of Argentine Cinema.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s